Dicas de Tecnologia

Nova ameaça bloqueia PC e pede nudes do usuário para liberar acesso

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução/Twitter @MalwareHunterTeam

Nos últimos anos uma forma de crime virtual chamada "ransomware" tem se tornado mais comum. Ela consiste em "sequestrar" os dados do computador pessoal de alguém, por algum tipo de ação hacker à distância, e só liberá-los mediante pagamento. Mas agora um suposto malware (programa que prejudica o usuário) estaria indo além: exigindo fotos do próprio usuário sem roupas --ou como nos costumamos a chamar, "nudes".

Na última quinta-feira (21), a conta de Twitter chamada MalwareHunterTeam, dedicada a mapear novas formas de ciberataques, apresentou uma captura de tela mostrando o que acontece com o computador que for atacado pelo malware nRanson.

"Seu computador foi bloqueado. Você só pode destravá-lo com um código especial", diz a mensagem, seguida do procedimento que a vítima deve seguir para o resgate dos dados: criar uma conta no Protonmail (um serviço legal de e-mail criptografado da Suíça), enviar um e-mail desta nova conta aos criminosos e após estes responderem, a vítima deve enviar dez "nudes" de si mesma.

A mensagem é ilustrada com uma sequência de inagens repetidas de Thomas, protagonista do desenho animado infantil "Thomas e Seus Amigos", com a frase "fuck you" ("foda-se") também repetida. Ao fundo é tocada uma faixa de áudio no formato de arquivo MP3 com "Frolic", música tema da série de TV "Curb Your Enthusiasm".

"Depois disso, verificaremos que os nudes pertencem a você. Ao ser verificado, te daremos seu código de desbloqueio e vender seus nudes na 'deep web'", diz o texto, seguido de um campo para ser preenchido com o tal código.

A "deep web" é uma região da internet onde cibercriminosos comercializam conteúdo ilegal ou restrito, como pornografia infantil e armas. Tal conteúdo circula em redes criptografadas que exigem programas especiais ou autorizações de acesso.

Devo me preocupar?

Apesar da descrição da ameaça ser aterradora, neste caso em particular parece que não é um problema de grande alcance.

A Kaspersky confirmou a veracidade do nRansom como um malware do tipo Trojan-Ransom.MSIL.Agent.zz e o neutralizou imediatamente. Outro site de segurança digital, o "Virus Total", lista quais antivírus estão percebendo o malware atualmente.

No entanto, ele não seria um ransomware tradicional, que criptografa (trava o arquivo por meio de uma recodificação de dados) o conteúdo da vítima. Ele apenas é um bloqueador do PC que o impede de acessar momentaneamente o sistema operacional e que a princípio não afetaria os arquivos do disco.

"Caso o bloqueador tenha se escondido de alguma forma no seu PC, você pode desbloquear o computador pressionando Ctrl + Alt + Shift + F4 simultaneamente. É necessário executar uma verificação completa do seu sistema depois disso", diz a Kaspersky.

O site especialista em ciberameaças "Bleeeping Computer" foi além e disse que há grandes chances do tal nRanson.exe ser apenas uma gozação para encher o saco de amigos, pois teria conseguido simular a infecção e ter destravado o PC com um código muito óbvio: 12345. Veja no vídeo abaixo:

Em todo caso, se perceber algo parecido com essa ameaça, siga o conselho da Kaspersky: "Como sempre, aconselhamos você a não pagar o resgate se seu computador estiver infectado. A palavra 'pagar' neste caso é tão legítima quanto em qualquer outro; a informação privada [os nudes] não é menos pagamento que o dinheiro".

Além disso, não é porque este caso possa ser inofensivo que estejamos totalmente a salvo, já que hackers estão mesmo querendo nos espionar pelas webcams e microfones do computador, gerando até a (justificada) paranoia de Mark Zuckerberg em proteger sua câmera com fita adesiva.

Fita adesiva na câmera do notebook? Sim, isso pode funcionar

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos