De olho na segurança

Violação de dados afeta todas as 3 bilhões de contas do Yahoo!

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução

    Vazamento de informações aconteceu em 2013, mas só foi descoberto em 2016

    Vazamento de informações aconteceu em 2013, mas só foi descoberto em 2016

Era pior do que se imaginava: a falha de segurança catastrófica do Yahoo! descoberta no ano passado, que antes pensava-se afetar cerca de 1 bilhão de contas do site, na verdade afetou todos os mais de 3 bilhões de usuários da plataforma.

"Após a aquisição do Yahoo! pela Verizon, e durante sua integração, a companhia obteve novas informações e agora acredita que, após uma investigação com a assistência de experts forense externos, que todas as contas de usuários foram afetas pelo roubo de 2013", diz uma declaração ao órgão americano SEC (Securities and Exchange Comission, ou Comissão de Títulos e Câmbio dos EUA). "A investigação indica que as informações das contas dos usuários não inclui senhas em texto exposto, dados de cartão de crédito, ou dados bancários."

O roubo de dados, que suspeita-se ter sido feito por um grupo de hackers russo, aconteceu em agosto de 2013, mas só veio a ser descoberto oficialmente pelo Yahoo! em 2016.

Mesmo antes da atualização de números, esta invasão já era considerada a maior brecha de segurança cibernética de todos os tempos.

Como medida preventiva, o Yahoo! agora pede a todos os usuários que altere a senha e pergunta de segurança de sua conta.

De acordo com a empresa, este ataque não tem relação com outra ação de hackers contra a empresa, que afetou 500 milhões de contas, mas foi realizado em 2014.

O Yahoo! é atualmente propriedade da companhia Verizon, que uniu a empresa com a AOL para formar uma nova entidade, a Oath.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos