Prefeitura do Rio cobrará imposto de serviços como Netflix e Spotify

Do UOL, em São Paulo

  • Getty Images

    Netflix terá que pagar imposto à Prefeitura do Rio

    Netflix terá que pagar imposto à Prefeitura do Rio

O prefeito Marcelo Crivella (PRB) sancionou nesta segunda-feira (16), no Rio de Janeira, um projeto de lei que autoriza a cobrança de ISS (Imposto Sobre Serviços) de serviços como Netflix e Spotify. A sanção foi publicada no Diário Oficial da capital fluminense.

Assim, o Rio de Janeiro se junta a São Paulo entre capitais brasileiras que já aprovaram o imposto sobre serviços de streaming online. O prefeito paulistano João Doria (PSDB) inclusive deu declarações favoráveis ao imposto e taxou as companhias de streaming de "ricas".

VEJA TAMBÉM:

A alíquota do imposto no Rio será de 2%, segundo o jornal O Globo. Em São Paulo, o número é de 1,09%.

A cobrança do imposto é feita diretamente sobre as empresas e deve começar a vigorar em 90 dias no Rio de Janeiro. Já em São Paulo a previsão é de que a taxa comece a ser cobrada no próximo ano.É possível que o imposto acarrete em um aumento dos preços dos serviços para consumidores.

A autorização da cobrança de ISS sobre conteúdos via streaming veio a partir de lei de parlamentares em Brasília sancionada pelo presidente Michel Temer (PMDB) em dezembro passado. Como é um imposto municipal, cada cidade decide como e sobre quais itens aplicar.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos