Prestes a ir às lojas, iPhone X identifica alguém que tirou a barba?

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução

    Matt Stuart, produtor de vídeo do "Tech Insider", testa Face ID do iPhone X, da Apple

    Matt Stuart, produtor de vídeo do "Tech Insider", testa Face ID do iPhone X, da Apple

O que acontece se você raspar sua barba depois de registrar seu rosto com o Face ID, tecnologia de reconhecimento facial do iPhone X? Essa é uma pergunta que Matt Stuart, produtor de vídeo do "Tech Insider", página de tecnologia do portal "Business Insider", tentou responder na prática. 

No vídeo, publicado na terça (31), Stuart mostra todo o processo de configuração do Face ID com a barba, e após raspá-la, o telefone não reconhece seu rosto nas duas primeiras tentativas. Isso só ocorre na terceira vez.

VEJA TAMBÉM:

Como não conseguiu nas duas primeiras vezes, o iPhone X obriga Stuart a usar a senha numérica para destravar o aparelho.

Essa pode ser uma notícia ruim para futuros compradores do iPhone X, que custa a partir de US$ 999 nos EUA e R$ 6.999 no Brasil.

A "Bloomberg" publicou há alguns dias uma reportagem afirmando que a Apple "silenciosamente" disse aos fornecedores que eles poderiam reduzir a precisão da tecnologia de reconhecimento facial do iPhone X para torná-lo "mais fácil de fabricar". No entanto, a Apple disse que essa informação é "completamente falsa" em um comunicado à imprensa.

Vale lembrar que na primeira demonstração pública do produto, em setembro, o recurso falhou por duas vezes seguidas.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos