Está achando os smartphones mais caros? Eles realmente estão

Colaboração para o UOL, em São Paulo

  • Getty Images/iStockphoto

Se você trocou de smartphone neste ano e optou por um aparelho equivalente ao que tinha, há grande chance de você ter pago mais caro por ele. Isso ocorre porque o preço médio global dos smartphones ficou mais caro neste ano, segundo dados da consultoria de mercado GFK.

De acordo com a companhia, o valor médio global de um smartphone atingiu os US$ 318 (cerca de R$ 1.084, com a cotação de hoje) no terceiro trimestre deste ano-- no ano passado, a média era de US$ 299 (R$ 1.019) neste mesmo período. A consultoria prevê que até o fim do ano o tíquete médio atinja US$ 324 (cerca de R$ 1.104).

Por que subiu o preço?

E sabe quem são os culpados por este aumento? As respostas são os componentes como memória e câmeras e sensores, que estão cada vez mais sofisticados.

Além disso, existe uma questão mercadológica: com a adoção de smartphones por mais pessoas, os consumidores sentem necessidade de trocar de aparelho com o tempo e dão preferência aos que tenham recursos melhores que os dispositivos anteriores. Este processo cria oportunidades para as fabricantes aumentarem os preços.

Veja também:

Em levantamento mundial da GFK, o Brasil se destaca por puxar a média de vendas da América Latina na venda de smartphones. Na região, houve venda de 27,8 milhões de unidades no terceiro trimestre deste ano. Só o país apresentou um aumento de demanda de 17% comparado ao mesmo período do ano passado.

Para colocar este aumento em contexto, é necessário considerar o dinheiro liberado dos fundos inativos do FGTS. Segundo a Abinee (Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica), esta decisão do governo ajudou a incrementar a venda de eletrônicos, sobretudo smartphones. A mesma tendência foi verificada por varejistas, como Ponto Frio e Casas Bahia.

Nos últimos dados específicos sobre o Brasil, divulgados em julho, a GFK afirmou que o valor médio de um smartphone no país é de R$ 901.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos