Demitido! Homem bloqueia GPS com saco de salgadinho para enganar empresa

Colaboração para o UOL

  • iStock

Um eletricista australiano usou uma forma bem malandra para ter mais tempo para jogar golfe. Durante o horário de trabalho, Tom Colella, 60, colocou seu PDA (aparelho com GPS em que recebia chamados) dentro de um saco de salgadinhos por diversas vezes para dar um perdido na empresa em que trabalhava. Após descobrirem que Colella usava seu conhecimento técnico para enganar a companhia, ele foi demitido.

O bloqueio do GPS do PDA acontecia, pois ao colocá-lo dentro do saco de salgadinhos era formada uma gaiola de faraday, experimento feito pelo cientista Michael Faraday para provar os efeitos da blindagem eletrostática.

VEJA TAMBÉM:

Na prática, a embalagem do salgadinho conta com revestimento composto de alumínio e plástico. Logo, ao por o aparelho dentro e fechar, é criado um escudo de campo eletromagnético temporário, atrapalhando a comunicação com o aparelho.

Segundo um documento da Fair Work Commission, órgão da Austrália responsável por julgar casos trabalhistas, Colella já havia reclamado do fato de a empresa monitorar os funcionários. Ele então usou sacos vazios de salgadinho "Twisties" vazios para impedir que o seu dispositivo PDA funcionasse de forma apropriada.

Os chefes do eletricista descobriram da fraude dele após receber uma denúncia anônima de um funcionário. Segundo consta no processo, Colella deu um perdido na empresa por mais de 140 vezes.

Após analisar o caso, a Fair Work Commission concluiu que o eletricista agia de má-fé e concluiu que sua demissão era justa.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos