Sistema de reconhecimento facial permite que apenas seu pet entre em casa

Colaboração para o UOL, em São Paulo

  • Reprodução

A internet das coisas consiste, basicamente, em ter todos os itens de nossa casa conectados. Muita gente ainda não vê muita utilidade nisso. No entanto, a Microsoft recentemente mostrou uma aplicação bem interessante usando reconhecimento facial para liberar apenas seu pet a entrar em casa.

Em seu canal no YouTube, a empresa mostrou como uma porta para bichos de estimação com sistema Windows 10 IoT Core (uma versão menor do Windows para internet das coisas) pode barrar a entrada de cachorros ou gatos intrusos em casa. 

VEJA TAMBÉM

O projeto utiliza uma placa Minnowboard max e uma série de sensores e motores. Tudo isso para permitir que apenas animais selecionados tenham acesso ao local.

Quando um animal de estimação chega próximo à porta, um sensor de movimento é acionado, que ativa uma câmera. Ao capturar algumas imagens do animal, o sistema tenta buscar características em seu banco de dados. Caso tenha algum tipo de correspondência, ele libera a porta. Caso não tenha, barra.

Para elaborar um sistema desse, incluindo a parte de hardware (placas e sensores) e a programação, a Microsoft diz que leva em média umas 10 horas. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos