Fim da festa: França vai banir celulares em salas de aula a partir de 2018

Colaboração para o UOL

  • iStock

Os smartphones podem tanto ajudar como atrapalhar alunos durante uma aula. O governo francês não ligou muito para o possível bom uso e anunciou o banimento de celulares em salas de aula para alunos entre 6 e 15 anos.

De acordo com o jornal britânico "The Guardian", os alunos poderão trazer os aparelhos para a escola, porém eles deverão ficar em um local restrito, como um armário. Os dispositivos só serão devolvidos no fim da aula — nem no intervalo poderão ser utilizados. A ação começa a valer a partir de setembro de 2018.

VEJA TAMBÉM:

Segundo Jean-Michel Blanquer, ministro da educação da França, a medida tem como objetivo passar uma mensagem de saúde pública para as famílias. "É bom para as crianças não ficarem o tempo todo em frente à uma tela antes de terem pelo menos 7 anos", afirmou à rádio "RTL".

Ainda que a medida estivesse presente na campanha vitoriosa do presidente Emmanuel Macron no ano passado, alguns sindicatos de professores acreditam que a proibição pode forçar ainda mais o uso de aparelhos na sala de aula.

A reportagem do "The Guardian" visitou escolas no centro de Paris e perguntou a alguns alunos sobre a proibição dos celulares. Alguns deles questionaram que ainda não há detalhes de como vai funcionar, como quem ficará responsável por guardar e depois devolver os aparelhos.

Sem contar a questão de comunicação. Alguns pais demonstraram preocupação com filhos que voltam sozinhos da escola, e que o aparelho, em um período fora do horário de aula, poderia auxiliar no envio de recados, ainda mais nessa época em que o inverno no Europa pode ser severo.

Em setembro, questionado sobre como funcionaria a proibição, o ministro Blanquer deu como exemplo seus compromissos de governo. "Em reuniões ministeriais, nós deixamos nossos telefones em armários antes de começarmos. Isso me parece viável para qualquer grupo de pessoas, inclusive uma sala de aula.

Tecnologia pode auxiliar no aprendizado das crianças, dizem especialistas

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos