De olho na segurança

Medo de bisbilhoteiro: WhatsApp é app que mais pessoas usam senha extra

Do UOL, em São Paulo

  • Getty Images

O WhatsApp é considerado um dos aplicativos de mensagens mais protegidos por conta de seu sistema de criptografia ponta a ponta, lançado há quase dois anos. Mas de acordo com um ranking criado pela empresa brasileira de segurança digital Psafe, isso ainda não basta para muitos usuários. Estes ainda adotam uma senha extra para proteger suas conversas.

A Psafe levantou dados de usuários do seu aplicativo de segurança e antivírus DFNDR Security (ex-Psafe Total) e descobriu que mais de 30% dos 2 milhões de usuários da função Cofre - ferramenta que permite inclusão de senha adicional em apps - optaram por aumentar a segurança no WhatsApp. A galeria de fotos ficou em segundo lugar na lista, com 25%.

VEJA TAMBÉM:

Fecharam o top 5 do uso de senha extra o Facebook (18%), Facebook Messenger (9,5%) e Instagram (8%). Segundo o Google Play, 5,3 milhões de usuários baixaram o DFNDR Security para Android - não há versão dele para iOS.

O UOL já explicou como funciona um aplicativo de senha extra: ele basicamente serve para quem quiser adicionar uma camada de proteção aos aplicativos em que o usuário guarda mais dados e arquivos pessoais. Quem tentar abrir o app vai se deparar com uma tela de senha, e caso ponha um código errado, o app não será aberto.

A lista da Psafe mostra que apps de comunicação pessoal e/ou que envolvam muitas fotos pessoais são o que as pessoas mais querem proteger. Mas a senha extra também pode ser útil para proteger apps bancários e de cartões de crédito, para o usuário que eventualmente estiver à mercê de um criminoso não perca dinheiro.

Conheça o app que põe senha contra xeretas no WhatsApp

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos