Novo vidro que se "autocura" pode ser o fim de telas quebradas de celulares

Colaboração para o UOL

  • Getty Images/iStockphoto

Pesquisadores descobriram um novo tipo de vidro que pode se autorregenerar após sofrer rachaduras ou quebras. A novidade, revelada por pesquisadores da Universidade de Tóquio, tem o potencial de transformar o mercado de smartphones, pois pode reduzir ou até mesmo acabar com a manutenção de telas de celular.

A pesquisa, cujos detalhes foram publicados na revista "Science", descreve um novo polímero superleve que se parece com vidro chamado "polyether-thioureas". Uma das características deste material é que quando ele é pressionado com a mão, ele possibilita fundir o vidro, sem a necessidade de altas temperaturas.

VEJA TAMBÉM:

Além de telas para smartphones, este vidro também poderia ser usado em em outros dispositivos frágeis. Esta capacidade de autorregeneração seria especialmente importante até por uma questão de sustentabilidade.

As propriedades do material "polyther-thioureas" foram descobertas sem querer pelo estudante de graduação Yu Yanagisawa, que estava preparando o material para ser usado como cola. Ele reparou que quando a superfície do polímero era cortada, as extremidades se juntavam uma a outra. O processo de autocura era completado após comprimir manualmente o material por 30 segundos a uma temperatura de 21 graus Celsius.

Não é necessariamente nova a ideia de materiais que se "autocuram". Já existem pesquisas demonstrando este tipo de característica em plásticos e borrachas. No entanto, esta é a primeira vez que isso é atingido com um material duro, como o vidro, e com temperatura ambiente.

Em 2014, a LG lançou o G Flex, o primeiro smartphone com recurso de autocura. Porém, ele só funcionava no corpo do dispositivo, especificamente na parte traseira. Após riscar a superfície com um clipe, por exemplo, ela automaticamente se regenerava após algum tempo.

Outra alternativa para tentar amenizar os problemas com telas quebradas são os displays " shattershield", usados em aparelhos da Motorola, como o Moto Z2 Force. No caso, o vidro do aparelho é reforçado a ponto de ele aguentar quedas e não estilhaçar.
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos