Rivais da Apple afirmam não desacelerar celular por causa de bateria

Colaboração para o UOL, em São Paulo

  • iStock/Getty

A Apple ter admitido que reduz o desempenho de iPhones antigos com baterias gastas levantou a seguinte pergunta: será que outras empresas fazem isso? O site norte-americano "The Verge", então, questionou algumas marcas e pelo menos a Motorola e a HTC disseram que não são adeptas da prática.

A Motorola informou que "não reduz o desempenho da CPU [do smartphone] por causa de baterias antigas". Já a HTC disse que "desenvolver smartphones com processador que fica lento, conforme a bateria vai se deteriorando, é algo que não fazemos".

VEJA TAMBÉM:

O site norte-americano perguntou para outras marcas, mas nem todas conseguiram responder em tempo hábil. A Sony e Samsung disseram que responderiam - a primeira, após as festas de fim de ano, enquanto a segunda informou que ainda está investigando. LG e Google não responderam até o momento.

Esta polêmica sobre aparelhos ficarem mais lentos com o tempo alimenta uma série de teorias, como a da obsolescência programada - que consiste no fato de as empresas forçarem os usuários a atualizarem para um novo aparelho, deteriorando o dispositivo. Pelo menos no caso da Apple, a empresa afirma tornar lento os iPhones com o objetivo de aumentar a vida útil do aparelho.

A companhia informa que pode, por exemplo, tornar mais lenta a abertura de apps em smartphones com bateria deteriorada. Conforme o tempo passa, explica a empresa da maçã, a bateria tem menos capacidade de entregar picos de carga alta para o processador. Então, para evitar o desligamento automático do aparelho, alguns modelos passaram a ficar mais lentos.

Após a má repercussão, a Apple anunciou um desconto em seu programa de troca de bateria fora de garantia. Nos EUA, o valor era US$ 79 (cerca de R$ 260) e a partir de janeiro de 2018 custará US$ 29 (pouco menos de R$ 100). A redução de preço deve chegar ao Brasil em 2018, mas ainda não há uma data exata.

Bateria do iPhone rende bem mais com um único clique; veja como

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos