Ai, meu coração: fãs de futebol americano se empolgam e enganam Apple Watch

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução

    Monitoramento cardíaco ficou ainda mais eficiente no novo Apple Watch - talvez, eficiente demais

    Monitoramento cardíaco ficou ainda mais eficiente no novo Apple Watch - talvez, eficiente demais

Você está sentado confortavelmente no sofá de sua casa, assistindo a um jogo de futebol para lá de emocionante - como foi a disputa do último domingo (14) entre Minnesota Vikings e New Orleans Saints - e do nada recebe um aviso preocupante do seu relógio inteligente: você estaria sofrendo um ataque cardíaco.

VEJA TAMBÉM

Parece insólito, mas aconteceu com vários usuários de Apple Watch durante o jogo citado. A emoção causada pelo final da partida, decidida no último segundo, fez com que o gadget da Apple entendesse que seus usuários estavam sofrendo um infarto.

A mensagem mostrada pelo relógio diz que ele "detectou uma frequência cardíaca acima de 120 batimentos por minuto enquanto o usuário aparentava estar em repouso nos dez minutos anteriores". A situação se repetiu com diversas pessoas.

Com o watchOS4, o gadget passou a fazer um monitoramento cardíaco mais aprofundado de seus usuários. E, justamente, ter um pico nos batimentos durante momentos de repouso é um dos sinais de alerta para ataques cardíacos.

Felizmente, os casos relatados nada mais eram do que resultado pela emoção proporcionada pelo jogo. Ainda assim, se você é dono de um Apple Watch, essa característica do gadget merece atenção e pode salvar vidas. Prova disso é que, recentemente, um homem afirmou que uma notificação do relógio inteligente foi o que evitou sua morte por ataque cardíaco.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos