E agora? iPhone X sofre corte de produção, e Apple perde força

Do UOL, em São Paulo

A Apple cortará pela metade a meta de produção do iPhone X para os primeiros três meses do ano, indo de 40 milhões de unidades para cerca de 20 milhões, informou o jornal japonês "Nikkei" nesta segunda-feira (29), o que causou queda nas ações da companhia norte-americana.

A notícia aumentou as preocupações em torno das vendas fracas do (caro) celular de US$ 999 - R$ 6.999 no Brasil - deixando os investidores ansiosos sobre as perspectivas financeiras da empresa que deve divulgar resultados de primeiro trimestre fiscal na quinta-feira.

VEJA TAMBÉM:

As ações da Apple caíam cerca de 2%, para o nível mais baixo em 2018, retirando 14 bilhões de dólares do valor de mercado da empresa.

O corte de produção do iPhone X foi incentivado por vendas mais lentas do que o esperado na temporada de compras de final de ano na Europa, Estados Unidos e China, informou o jornal "Nikkei", sem citar fontes.

O iPhone X, lançado em novembro nos EUA, foi o primeiro celular da Apple a apresentar um novo design desde o lançamento do iPhone 6 em 2015- quando ganhou telas maior e um modelo "Plus" - e muitos esperavam que ele gerasse um "superciclo" para a empresa.

"Este supostamente deveria ser o ano do superciclo e se a Apple não conseguiu impulsionar um crescimento unitário substancial este ano, então isso deixa você um pouco cauteloso sobre os ciclos futuros do iPhone", disse o analista da Atlantic Equities, James Cordwell.

Como as pessoas reagem ao usar o iPhone X pela 1ª vez

Uma pesquisa com pessoas que planejam comprar um iPhone mostrou que a porcentagem delas que tem interesse no iPhone X caiu para 37%, ante 43% em uma pesquisa anterior, disseram analistas do UBS em nota nesta segunda-feira.

VEJA TAMBÉM:

O acompanhamento da cadeia de fornecedores da Apple na Ásia sugere que os pedidos do iPhone X têm enfraquecido recentemente, com uma produção para primeiro trimestre provavelmente em cerca de 20 milhões de unidades, escreveu um analista do JP Morgan em nota datada de 24 de janeiro.

Em outubro, mesmo o modelo novo mais barato da Apple, o iPhone 8, teve problemas para vender. As vendas do iPhone 7 estavam superando em outubro as do 8 antes do início da distribuição do iPhone X no início de novembro.

Representantes da Apple não puderam comentar o assunto de imediato. (Com informações da Reuters)

Sabe qual é a melhor coisa do iPhone X? O reconhecimento facial

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos