Aluguel, roupas, livros: aplicativos que dão match em "tudo" para você

Bruna Souza Cruz

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução

    App Roupa Livre incentiva encontros entre quem quer trocar roupas

    App Roupa Livre incentiva encontros entre quem quer trocar roupas

Os aplicativos chegaram para facilitar (quase) tudo na nossa vida, e os empresários estão cada vez mais atentos às facilidades proporcionadas pela tecnologia. Inspirada no Tinder, surge uma nova categoria de serviços que prometem "dar match" entre você e aquilo que você precisa. Seja um "date" ou um emprego.

VEJA TAMBÉM

Confira a seguir algumas soluções interessantes que adotaram a "tinderização" de seus negócios:

Tinder da roupa

O aplicativo Roupa Livre usa a lógica do Tinder para incentivar encontros entre quem quer trocar roupas, estimulando assim o consumo sustentável.

O usuário só precisa entrar no sistema, tirar fotos das peças que deseja trocar e cadastrá-las no aplicativo. O match acontece se você curtir uma peça de roupa de alguém que curtiu uma peça que você publicou. Aí, é só combinar a troca.

Vai um apartamento?

Está procurando um lugar para morar ou alguém para dividir o aluguel? Já existem alguns serviços que ajudam nesta missão e usam a tecnologia do Tinder para aproximar pessoas que tenham interesses em comum.

O site morar.com.vc é um deles e funciona para quem deseja dividir as despesas de aluguel com outras pessoas. Para aumentar as possibilidades de dar match, ele usa um questionário com perguntas que vão de comida a política. A diferença é que existem etapas de mediação, já que encontrar alguém para morar junto pode ser mais burocrático do que promover encontros amorosos.

Getty Images

O aplicativo Moradia segue uma linha parecida, mas é voltado para estudantes que desejam dividir o aluguel. Menos burocrático em seu processo, o usuário seleciona os critérios de busca (como sexo, idade, faculdade, curso e semestre) e o sistema lista pessoas compatíveis, permitindo em seguida a troca de mensagens entre os envolvidos.

Já o App do Imóvel foi criado para quem quer comprar, vender ou até mesmo trocar imóveis. O match funciona quando compradores demonstram interesses mútuos nos anúncios disponíveis no sistema. É como se fosse o "like" do Facebook e do Tinder.

Busca pelo emprego perfeito

Não existem muitas soluções nesta área por enquanto, mas a startup brasileira Vulpi criou um sistema que usa a inteligência artificial para ajudar na contratação de desenvolvedores de softwares.

O aplicativo funciona com base no conceito do Tinder e aproximar empresas e profissionais que buscam emprego no setor com base no perfil da vaga e qualificações dos candidatos.

Segundo os idealizadores da ferramenta, o algoritmo cruza as informações, e os desenvolvedores mais compatíveis aparecem para empregadores.

Getty Images/iStock

Dos livros aos carros

Seguindo o conceito de combinar coisas com base no interesse das pessoas, a plataforma Book4You (disponível em site e app para Android), indica livros de acordo com o gosto de cada pessoa. O curioso é que ele apresenta inicialmente apenas a sinopse do livro. Se o usuário der um "like", mais informações sobre o material surgem. Caso contrário, outras opções vão aparecendo.

É possível ainda criar uma lista de desejos para a compra dos próximos títulos.

Já o App do Automóvel promete conectar donos de carros e potenciais compradores. Assim como no Tinder, ele cruza informações e só permite o contato entre pessoas que demonstrem interesse mútuo na compra e venda de determinado veículo.

Jupiterimages/Carsale

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos