Samsung

Esta invenção maluca mistura drone, tela, câmera e controle pelos olhos

Márcio Padrão

Do UOL, em São Paulo

  • Samsung / USPTO

    Patente da Samsung de drone com tela integrada

    Patente da Samsung de drone com tela integrada

Todo mundo está tentando inventar aparelhos legais já que o smartphone é algo praticamente universal hoje em dia. Os drones de filmagem são uma eterna promessa nesse sentido, mas ainda são muito caros até o momento. Mas isso não impede que a Samsung sonhe com algo que mistura drone e smartphone de um jeito bem louco.

A empresa sul-coreana patenteou nos EUA um esboço de aparelho que é basicamente um pequeno drone com tela integrada e tecnologia de reconhecimento de rosto, além de gestos de mão e de posição do usuário. A tela fica ao centro, com quatro hélices em cada canto. A descoberta foi publicada no site holandês "Let's Go Digital" na segunda (19).

VEJA TAMBÉM:

O drone também poderia ter capacidades de reconhecimento de voz, além de GPS e um sistema de posicionamento baseado em Wi-Fi.

A patente descreve um drone que pode incluir uma câmera e sistema de observação para transmitir informações para a unidade de controle principal. O sistema pode rastrear os olhos, a cabeça, as mãos ou os dedos dos usuários em tempo real.

A velocidade e a direção de voo do drone poderiam ser controladas movendo a cabeça, os olhos ou as mãos, e o produto também poderia acompanhar automaticamente os usuários sem gestos adicionais, enquanto estes se movem.

A figura abaixo, que mostra a vista lateral do aparelho, também serve para entendermos um "manipulador de articulação" que pode mudar o ângulo de inclinação do voo.

Samsung / USPTO

Essa invenção também pode incluir um sensor de giroscópio, um sensor de movimento, um sistema de vibração e um acelerômetro --todas peças usadas em smartphones atuais. 

A patente foi registrada em 3 de janeiro de 2016 e concedida em 13 de fevereiro de 2018. Como de praxe, devemos avisar que nem toda patente se torna produto em curto, médio ou longo prazo.

Mas ela serve para a gente tentar entender o que a Samsung planeja com um treco desses. Pode ser desde turbinar suas "selfies aéreas" sem esforço a até mesmo rastreamento de cidadãos para os mais diversos fins. É para termos medo?

Canadense inventa hoverboard usando hélices e baterias

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos