Por que a internet está doida por vídeos de sabão?

Victor Ferreira

Do Gamehall

Uma nova onda está tomando o YouTube e o Instagram: vídeos de pessoas cortando, raspando, picando e esmagando sabonetes e barras de sabão.

Não, é sério.

Vídeos como os vistos acima e contas no Instagram como ASMR Princess e Soap.asmr.ns chegam a ter centenas de milhares de visualizações e seguidores ávidos por ver sabonetes sendo lentamente destruídos por canivetes, facas ou unhas. 

Reprodução
Acredite: cortar sabão (ou ver alguém cortando sabonete) pode ser terapêutico

Os autores dos vídeos encontraram até formas diferentes e mais criativas de fazer isso, como fazer dividir a barra em várias partes menores, para que vários pedaços caiam e façam muito barulho ao mesmo tempo.

Veja também:

A este ponto você deve estar se perguntando... "Por quê?"

Bom, como é possível ver pelos nomes das contas e vídeos, tem tudo a ver com o tal ASMR, sigla para Autonomous Sensory Meridian Response (ou Resposta Sensorial Autônoma do Meridiano), mais conhecido como "orgasmo cerebral".

Soa como um termo científico, embora não haja nenhuma ciência por trás disso e não esteja claro quem inventou a denominação. São arrepios, frio na barriga ou formigamento na cabeça e na nuca que algumas pessoas sentem ao ouvir certos tipos de sons. A sensação prazerosa é diferente para cada pessoa e mas as causas e a sensação são diferentes.

Não é de hoje que vídeos focados no ASMR fazem sucesso, mas parece que descobriram todo um novo filão. Pelo visto, há um grande grupo de pessoas que gosta de relaxar vendo um sabão tomando novas formas.

E, honestamente, há jeitos piores de relaxar depois de um dia estressante.

Russa faz sucesso sussurrando

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos