Carros voadores do Uber são o futuro? Não, segundo Elon Musk

Bruno Romani

Da redação

  • Reprodução/Terrafugia

Um futuro tecnológico glorioso com carros voadores parece ser uma realidade distante. E ele ainda ganhou um novo obstáculo para superar. Elon Musk, o chefão da SpaceX e da Tesla e um dos principais nomes atuais em projetos futurísticos, não é fã da ideia. Na última semana, ele demonstrou ceticismo em relação ao projeto de carros voadores do Uber. 

Via Twitter, o bilionário recebeu uma provocação de um jornalista indiano: "O novo CEO do Uber, Dara  Khosrowshahi, diz "por que cavar túneis para o Hyperloop quando você pode fazer carros voarem?" O que você tem a dizer sobre isso?

Veja mais

Musk respondeu: "Se você ama drones sobre a sua casa, você realmente vai adorar que voe sobre a sua cabeça um vasto número de 'carros' que são mil vezes maiores e barulhentos, e que sopram para longe tudo o que não está fixado no chão quando pousam". 

O CEO do Uber não curtiu muito o que Musk falou e respondeu como se tivesse sido desafiado: "Desafio aceito. Melhora na tecnologia de baterias e múltiplos rotores menores serão muito mais eficientes e evitarão barulho e poluição ambiental".

Vale lembrar: essa não é a primeira vez que Musk demonstra não ser fã da ideia de carros voadores. Em abril do ano passado, ele já havia dito:

"Sou a favor de coisas voadoras. É óbvio: eu faço foguetes, então eu gosto de coisas que voam. Não é algum tipo de preconceito com coisas voadoras, mas existe um desafio com carros voadores no sentido de que serão muito barulhentos, e a força do vento gerado será muito alta. Digamos que se uma coisa está voando sobre a sua cabeça, um monte de carros em todo lugar, isso não é uma situação que reduz a ansiedade. Você não pensa: Tô me sentindo bem hoje. Você pensa: eles fizeram a manutenção das hélices, ou elas vão se soltar e me guilhotinar?". 

Como alternativa aos meios de transporte, Musk aposta no Hyperloop, uma espécie de trem futurístico que se move dentro de tubos metálicos com ar de baixa pressão. Ele já obteve até a licença para escavar túneis entre Washington e Nova York

Enquanto isso, o Uber vê o futuro permeado por carros voadores. A empresa imagina que eles estarão disponíveis nos próximos 10 anos. 

  

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos