Bonito e com supercâmera, Xperia XZ2 só precisa de preço para ser matador

Márcio Padrão

Do UOL, em Barcelona*

Apesar de a Sony não ser aquela marca de celulares que todo mundo lembra em primeiro lugar, ela vem criando inovações bem interessantes nos últimos anos, como captura preditiva nas câmeras, supercâmera lenta e escaneamento 3D, além de ter sido uma pioneira em smartphones resistentes à água. Ela só não ousava mudar ainda o que parecia ser mais fácil: seu visual quadradão e antiquado.

Finalmente isso mudou na MWC (Mobile World Congress) deste ano. E mudou em grande estilo, pois o Xperia XZ2 e XZ2 Compact são as respostas para as preces de quem queria o melhor da tecnologia dos japoneses em uma embalagem que parecesse à altura de seus rivais mais poderosos: Apple e Samsung. 

Divulgação
Antes e depois do Sony Xperia XZ

O curioso aqui é que mesmo os maiores fãs da Sony poderão ficar felizes com o novo visual. Ainda dá para reconhecer aspectos visuais dos antigos modelos, mas ao mesmo tempo respiramos aliviados por começar a ver alguma curva no corpo dos dois XZ2.

Além de mais bonitos, a pegada está bem melhor. Cores novas como verde e prata (gelo, na verdade) são inspiradas e ajudam a impressionar quem nunca sequer prestou atenção nos antigos Xperias.

Mas as novidades não são só no visual: por dentro, ainda carregam boas configurações e manterão os aparelhos como top de linha por um bom tempo. Ponto para Sony por ter trazido tão rapidamente quanto a Samsung o processador Snapdragon 845 para o XZ2.

Também são destaques do 64 GB de armazenamento e a potente câmera de 19 MP. Na primeira impressão, o aparelho me pareceu criar imagens um pouco mais nítidas e coloridas que no Xperia XZ1 e quase tão boas quanto as do Galaxy S9+. E a Sony também foi corajosa ao não embarcar imediatamente na moda da câmera dupla sem ter um bom motivo para isso

Márcio Padrão/UOL
Sony Xperia XZ2 Compact

Só estranhei um pouco o XZ2 ter uma tela um tico mais escura que a média da categoria e "apenas" 4 GB de memória RAM --os primeiros modelos com 6 GB de RAM já estão aparecendo.

Cismei ainda com a bateria de 3.180 mAh (deve ser muito pouco para um modelo desses) e um pequeno atraso no processamento das fotos da câmera --coisa de meio segundo, que é um pouco ruim, mas passa. São impressões que ainda precisam de um testa mais elaborado.

Agora eu se tivesse dinheiro para comprar Xperia XZ2 certamente preferiria a versão Compact, que ficou muito melhor na minha mão e cuja tela de cinco polegadas é mais do que suficiente.

Que outras fabricantes sigam esse exemplo e façam modelos premium para ambos os tamanhos, que agrade a todos. A traseira de plástico do XZ2 Compact --no XZ2 é de vidro-- não me incomodou e pareceu tão resistente quanto a de seu "irmão".

Agora resta torcer para que o preço seja mais competitivo no Brasil do que o recente histórico da Sony. Assim todo mundo pode ficar feliz de ter mais escolhas reais na hora de comprar um top de linha.

Apesar de a Sony não ter divulgado oficialmente os preços dos lançamentos no mercado mundial, a página da fabricante na Alemanha publicou que o Xperia XZ2 custará por lá 799 euros (cerca de R$ 3.308, sem impostos) e XZ2 Compact poderá ser comprado por 599 euros (em torno de R$ 2.480, sem impostos).

Ficha técnica: Sony Xperia XZ2 e XZ2 Compact

Tela: 5,7 polegadas (XZ2) e 5 polegadas (XZ2 Compact) e resolução Full HD (1920 × 1080 pixels)
Sistema operacional: Android 8.0 Oreo
Processador: Snapdragon 845 (até 2,8 GHz)
Memória: 64 GB de armazenamento interno e 4 GB de memória RAM + suporte para microSDXC (até 400 GB)
Câmeras: 19 MP (traseira) e 5 MP (frontal)
Dimensões e peso: 153 x 72 x 11.1 mm; 198 g
Bateria: 3.180 mAh (XZ2) e 2.870 mAh (XZ2 Compact)

* O repórter viajou a convite da Motorola

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos