Ninguém está salvo! Cofundador da Apple cai em golpe e perde bitcoins

Do UOL, em São Paulo

  • AP Photo/Luca Bruno

Os crimes envolvendo o roubo de criptomoedas têm crescido em meio a popularidade do dinheiro virtual. Agora, quando um dos poderosos da tecnologia como o cofundador da Apple cai num golpe desses tudo se torna, no mínimo, curioso e até engraçado – desculpe Woz.

Steve Wozniak conseguiu perder sete bitcoins, o equivalente hoje a pouco mais de US$ 75 mil. E tudo começou com um cartão de crédito roubado de alguém.

VEJA TAMBÉM

O ex-executivo da Apple resolveu vender seus bitcoins online e o pagamento foi feito via cartão de crédito. O problema é que o pagamento foi cancelado e Wozniak nunca mais viu as suas criptomoedas. Como o cartão era roubado, ficou difícil rastrear a pessoa responsável pelo roubo.

"A cadeia de blocos identifica quem tem bitcoins. Isso não significa que não pode haver fraude", disse ele ao jornal "The Economic Times" da Índia.

Wozniak disse que não investiu em bitcoins. Ele apenas decidiu fazer um experimento com as criptomoedas, que foram compradas por US$ 700 cada na época. Com a valorização do bitcoin, ele resolveu vendê-las.

Bom, o prejuízo é alto, mas Wozniak talvez nem se preocupar tanto, já que é milionário.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos