É Vero, só se fala nisso: rede social tenta desbancar Instagram e Facebook

Gabriel Francisco Ribeiro

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução

    Vero se tornou a rede social do momento: por quê?

    Vero se tornou a rede social do momento: por quê?

Se você está cansado das redes sociais que existem por aí, apareceu uma nova opção chamada Vero - True Social ("verdade", em italiano; "social de verdade", em inglês). Aparentemente, tem muita gente migrando para ela. Muita mesmo: foi mais de um milhão de usuários registrados em poucos dias, o que gerou inclusive uma série de problemas técnicos. 

O primeiro que conseguir postar uma foto avisa!

Mas o que é esse aplicativo, por que ele tem atraído tantas pessoas e , claro, por que já rolaram polêmicas?

Inicialmente, o Vero nada mais é do que uma rede social como já conhecemos: para compartilhar fotos e links, assim como assuntos que "unem" pessoas – filmes, música, locais, TV, livros... Pareceu com algo que já existe, né?

Veja também: 

Mas calma que tem diferença. Em primeiro lugar, o Vero planeja ser um site que se difere do Facebook e Instagram por ser contrário ao algoritmo – você sabe, aqueles códigos misteriosos das plataformas dominadas por Mark Zuckerberg que ditam o que cada pessoa vê em sua timeline.

A ideia é realizar o que chama de "conexões reais". Diferentemente dos concorrentes, no Vero tudo é mostrado em ordem cronológica – lembra como eram as redes sociais nos primórdios?

Mais do que isso, o novo site afirma que o usuário terá um controle simples sobre quem pode ver tudo o que a pessoa compartilhará – em categorias como "amigos próximos", "amigos", "conhecidos" e "seguidores".

O Facebook até conta com algo do tipo, mas é um pouco complexo e só quem realmente tem grande preocupação com privacidade acaba usando o recurso. No Vero, tudo promete ser mais estável. A plataforma ainda conta com alguns influenciadores, como o diretor Zack Snyder, para atrair usuários. 

Sem propagandas

Um outro elemento que tem feito o Vero se popularizar é que ele, teoricamente, não tem espaço para propagandas e defende isso em manifesto: diz que os sites já existentes fizeram falsas promessas e que em sua plataforma os clientes serão os usuários, não os publicitários.

Reprodução
Vero faz sucesso por não ter algoritmo e propaganda, além de exibir conteúdo em ordem cronológica

Agora, como então vai ganhar dinheiro? Aí é que está: haverá no futuro um sistema de assinatura para usuários – ou seja, você terá que pagar.

Para falar a verdade, não será muito diferente do que é hoje, já que você paga o Facebook fornecendo dados que são vendidos a empresas de publicidade. Com o dinheiro saindo diretamente do bolso do usuário, pode ser até mais transparente.

Em breve, o app pretende confirmar o início de suas atividades e os preços das assinaturas. Por enquanto, não cobrará nada dos primeiros milhões de usuários cadastrados – foi por isso que a rede social virou tendência nos últimos dias.

Polêmicas à vista

Mas fique atento: a plataforma já está envolvida em polêmicas. Isso porque seu CEO é uma figura, no mínimo, peculiar.

O nome dele é Ayman Hariri. O cofundador da empresa é o herdeiro riquíssimo de um bilionário ex-político libanês, que é acusado de corrupção. Mais do que isso, é acusado de não pagar funcionários de uma de suas empresas e até de tráfico de pessoas. Coisa pesada.

A página em si também tem colecionado polêmicas. Os termos de uso do site, por exemplo, dizem que a Vero pode usar todo o conteúdo que você gera, incluindo curtidas e tudo o que você sobe no seu perfil – algo como os sites atuais, criticados pela nova rede social, já fazem.

Outro problema notado por usuários que já se arrependeram de entra na nova rede social é a dificuldade para deletar a conta.

O processo não é tão simples como clicar em um botão. Na verdade, aparentemente é necessário que você envie um pedido por meio do site da companhia para excluir seu perfil. E se a conta é realmente desativada depois, ninguém sabe.

Em entrevista ao site Mashable, o criador do site diz que pretende tornar mais fácil deletar contas no futuro. Mas isso não é algo que um site sério faria desde o início?

Se você gostou do propósito do site e quer ir em frente, vá fundo. Pelo menos na teoria ou em partes, o Vero soa como algo que as redes sociais deveriam seguir. O aplicativo parece ser uma plataforma em que você tem mais controle sobre seu conteúdo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos