Samsung

The Wall: vimos de pertinho o 'paredão' que pode revolucionar as TVs

Gabriel Francisco Ribeiro

Do UOL, em Nova York (EUA)*

  • Gabriel Francisco Ribeiro/UOL

O paredão modular "The Wall", da Samsung, foi um hit na CES 2018, a maior feira de tecnologia do mundo. Tive a chance de ver um protótipo de perto, durante o lançamento dos novos modelos QLED, em Nova York, e posso dizer que ele é realmente impressionante.

Verdade seja dita, muitas das respostas sobre o novo aparelho são desconhecidas do staff da própria Samsung – perdi as contas de quantas vezes ouvi um "ainda não sabemos" ou "temos poucas informações" de executivos e funcionários da área designada para mostrar o aparelho.

Mas deu para descobrir que a TV, sem bordas e com resolução 4K, é instalada dentro da parede da sua casa por profissionais especializados.

A novidade mais legal é que escolhe quantas polegadas quer --a que vi tinha nada menos que 146 polegadas. Embora ninguém saiba informar quanto de profundidade a parede precisa ter para receber o aparelho.

Não importa muito o tamanho final escolhido para a sua The Wall, você pode definir a proporção para cada momento usando um app. Isso porque ela é toda modular e composta por MicroLEDs (emissores de luz muito menores que os LEDs, com fonte de luz própria), que podem ser ativados ou desativados como o dono quiser.

Não há restrições a tamanhos ou forma. Por exemplo, dá para deixar a imagem do seu programa favorito só no meio e colocar, em volta, um fundo – o novo Modo Ambiente das TVs Samsung permite reproduzir na tela a cor e a textura da parede da sala.

Gabriel Francisco Ribeiro/UOL
No modo ambiente, a TV identifica automaticamente a parede

Em cerca de dois minutos, foi possível ver a televisão gigante de diversas maneiras com alguns dos "planos de fundo", como os de um computador, que combinavam com a parede (lareira, montanha nevada, espaço...). Deu para perceber como o paredão tem boa definição de imagem e contraste de cores.

The Wall vai entregar a perfeição. Com o MicroLED, vai ser iluminação pixel por pixel. Pode apagar e desligar os que quiser, variar, aumentar ou diminuir as polegadas quando quiser

Érico Traldi, gerente de marketing de TV e Áudio e Vídeo da Samsung Brasil

Além de tornar possível modular uma TV gigante, os MicroLEDs ainda podem apresentar um avanço em definição e cores das televisões, já que elimina a necessidade de filtros de cores e de luz traseira. A Samsung ainda afirma que eles possuem evolução em durabilidade e eficiência luminosa

Na teoria, segundo funcionários da Samsung, não existe um tamanho máximo para a The Wall – foi citado um modelo de cerca de 13 metros na Coreia do Sul. O limite para o número de módulos conectados deve ser estabelecido pelo preço mesmo, que não vai ser barato.

A The Wall ainda pode reproduzir quadros exatamente como outra televisão da Samsung, a The Frame. Ou seja, sua sala vira uma exposição de arte, com quadros de artistas renomados – e o fundo exatamente como o da sua parede natural. 

Divulgação

O modelo vai começar a ser vendido em agosto, mas ainda não há uma data para chegar ao Brasil.

* O repórter viajou a convite da Samsung

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos