Como denunciar crime e conteúdo de ódio nas redes sociais

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução

    Brigas e comentários odiosos tornam redes sociais mais tóxicas

    Brigas e comentários odiosos tornam redes sociais mais tóxicas

Nas redes sociais e nos grupos de WhatsApp, o que não falta é opinião e debates acalorados. Tudo pode ser muito mais saudável, quando há limite e respeito entre quem argumenta.

Em momentos de comoção no Brasil, como ocorre agora com a morte da vereadora Marielle Franco (PSOL-RJ), divergências sobre posições políticas, em alguns casos, beiram comentários racistas, discriminatórios ou difamatórios.

Veja também: 

Se algo assim passou pela sua timeline, saiba que é possível denunciar conteúdos ofensivos e seus autores. Você pode fazer isso tanto dentro da própria rede social como em outras esferas da vida pública - sim, você pode ser processado por xingar alguém no Facebook. 

O primeiro segredo é simplesmente não interagir. Não reagir ou não comentar é importante para que a publicação não ganhe destaque. Isso porque cada reação é um impulso a mais no algoritmo de Facebook, Twitter e outros.

Comentários que façam apologia a crimes e ao racismo devem ser denunciados tanto em redes sociais quanto fora delas.

Como fazer para denunciar?

No Facebook, por exemplo, a publicação de qualquer pessoa ou página pode ser denunciada. Basta clicar nos três pontinho que ficam no canto superior direito de qualquer post e clicar em "denunciar publicação".

A plataforma te dará algumas opções de denúncias, como "é irritante", "acredito que não deveria estar no Facebook", "notícia falsa" e "spam". Você deve clicar na segunda opção e então selecionar por que acha a publicação ofensiva – se for caso de racismo ou sexismo, deverá ainda clicar em "ver mais opções" na janela seguinte.

Reprodução
Denunciando publicações e comentários no Facebook

A grande discussão, contudo, acaba ficando restrita a comentários em publicações, onde as pessoas se sentem mais livres para ofender sem punições. Os comentários por lá também podem ser denunciados.

Contudo, você deve clicar antes em "ocultar" comentário. No desktop, essa opção aparece nos três pontinhos à direita do comentário após você colocar o cursor sobre ele, enquanto nos celulares você deve clicar e segurar por alguns instantes em cima do comentário. Depois é só clicar em denunciar e seguir os passos dados anteriormente.

A denúncia no Twitter é bem semelhante à do Facebook: basta clicar na seta no canto superior direito e selecionar "denunciar tweet". Aí, então, você precisa selecionar o motivo pelo qual está fazendo a denúncia.

Nós podemos ter a sensação de que denúncias em redes sociais nunca dão em nada, mas nem sempre isso é verdade. Recentemente, uma página de extrema-direita do Reino Unido foi banida junto a seus dois líderes por publicar conteúdos odiosos contra muçulmanos – entre eles, comparações com animais e incitações.

Outras formas

Existem outras formas de crimes propagados em redes sociais serem denunciados. Uma delas é enviar uma queixa ao site SaferNet Brasil, que recebe denúncias anônimas sobre crimes e violações aos direitos humanos na internet do país.

Existem estratégias mais ousadas também, claro. Alguns usuários têm decidido dar prints em comentários odiosos para posteriormente expor os autores nas próprias redes sociais. Há até quem descubra a empresa do autor do comentário pelo LinkedIn e faça denúncia ou quem mande para a própria mãe do autor do comentário.

FGV DAPP
Mapa dos comentários nas redes sociais sobre a morte de Marielle

Em redes sociais há também avisos de que uma equipe jurídica tem acompanhado publicações de calúnias contra a vereadora assassinada, com a intenção de acionar os responsáveis na Justiça. Na dúvida quanto a algum comentário ou opinião, é bom checar em sites com checagem de notícias.

Tudo por um Facebook menos tóxico, claro. Afinal, essa é uma das próprias metas de Mark Zuckerberg.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos