Alunos de escola pública desenvolvem projeto de mobilidade urbana

Do UOL, em São Paulo

Com problemas para chegar à escola como falta de calçadas e de ônibus, alunos de uma escola pública de Cariacica (ES), cidade próxima a Vitória, desenvolveram diversos projetos de mobilidade para facilitar sua rotina diária. A atividade foi fruto de uma ação da 99, empresa de transporte via aplicativo.

Para os alunos da Escola Municipal Padre Anthonius Lute, a rotina mais comum é ir a pé para a escola, por meio de ruas sem asfalto e espremidos entre carros estacionados aos lados e ônibus que passam em alta velocidade pela rua. Tudo isso sem calçada.

Segundo pesquisa interna, 53% das 600 crianças que estudam lá moram a menos de 15 minutos da escola, enquanto 65% vai a pé para o colégio. Por isso, os alunos pouco conhecem como a mobilidade pode mudar suas vidas.

"Esta é a realidade que eles conhecem, muitos deles nunca viram uma ciclovia e uma rua com calçada larga", conta Tânia Maia, professora da escola há 9 anos.

Desde a volta às aulas, os alunos têm sido convidados a ingressar no mundo da mobilidade, com palestras e projetos voltados ao tema. Aos poucos, cada sala aceitou o desafio de fazer um projeto para reformar o espaço interno da escola aplicando os novos conceitos da mobilidade.

Tudo isso começou a virar maquetes e vídeos, que resultaram em uma apresentação no dia 5 de março dos projetos desenvolvidos pelas crianças. Entre as ideias mostradas, estavam:

- separar entrada de carros da de pedestres
- entrada pavimentada em que não tivessem que correr na lama
- bancos para poderem sentar
- horta para plantarem verduras e temperos

Aí, então, foi a vez de escolher um projeto para basear uma nova planta para a escola. "Dava medo de decepcionar as crianças, de que elas não se sentissem ouvidas", explicou Yuval Fogelson, arquiteto especializado em urbanismo da Urb-i.

Após o início da reforma da escola, alunos, professores e pais passaram a ajudar para superar a chuva e o atraso na entrega de materiais – no final de semana, se uniram para pintar pneus, arrumar canteiros e colocar grama.

Divulgação
Como era o pátio da escola antes de reforma

Nesta quarta (28), foi o dia da inauguração. Após problemas e desconfianças superados, o projeto da reforma da escola saiu do papel menos de dois meses depois do primeiro encontro no colégio. O papel de cidadão foi exaltado pelo prefeito de Cariacica, presente no evento.

"Agora as crianças sabem o que é mobilidade, o que devem cobrar da prefeitura. Espero que elas comecem a provocar o poder público para fazermos o mesmo nas praças e nas ruas. Ninguém tem que ficar neste projeto, vocês tem que exigir mudanças", afirmou Geraldo Luzia de Oliveira Junior (PPS).

A euforia foi tanta com as mudanças alcançadas que o pátio teve um nome bem peculiar para o momento da escola: Praça da Conquista.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos