Snapchat zoa Facebook, Netflix "compra" ator: o 1º de abril na tecnologia

Márcio Padrão

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução

    Filtro do Snapchat imita bots do Facebook

    Filtro do Snapchat imita bots do Facebook

Como o tradicional Dia da Mentira, o 1º de abril não é só a data que celebra as notícias falsas, ou "fake news", antes mesmo do termo existir e virar praga nas redes sociais. Também é uma data na qual muitas empresas aproveitam para fazer publicidade "espertinha".

Já falamos no sábado (31) do Google, que veio de "Onde Está Wally?" no Google Maps (e que funciona de verdade) e detector de piada ruim no app Files Go (que é mentira mesmo). 

VEJA TAMBÉM:

Mas Snapchat, Netflix, Niantic (do game "Pokemon Go"), a montadora Lexus e outras empresas estão surfando na onda, com anúncios falsos de zoeira. Acredite se quiser.

Snapchat

A empresa rival do Facebook ainda não deve ter engolido muito bem o fato de Mark Zuckerberg ter copiado tudo dela para seu clone, o Instagram Stories, e assim ter roubado quase todo seu público-alvo.

Por coincidência, o Facebook passa hoje por grande crise de credibilidade. A rede social teria servido de cenários para anúncios russos suspeitos de terem ajudado a campanha de Donald Trump, além de estar envolvida no escândalo de uso de dados de usuários como arma política nos EUA e Reino Unido.

Para o Snapchat, nada mais justo que tripudiar do rival com um filtro (de verdade) que imita o layout do Facebook, mas com caracteres parecidos com os usados na Rússia (o cilírico) e com bots curtindo suas fotos. É uma pena que o tal filtro não aparece para usuários brasileiros.

Reprodução
"Netflix compra Seth Rogen"

Netflix

A plataforma de streaming já vem mostrando na sua página principal nos últimos dias o anúncio "Netflix compra Seth Rogen", e neste final de semana podemos ver um vídeo com os "bastidores" da negociação.

No vídeo de seis minutos, com o comediante americano conversando com um computador antigo que diz ser o algoritmo da Netflix, além de se submeter a situações humilhantes como o recolhimento de urina e patrulhamento de seus sonhos.

A Netflix não comprou de verdade Seth Rogen, mas de fato fechou contrato com ele para a transmissão de um evento de caridade organizado por ele, "Hilarity for Charity", que será transmitido pela Netflix pela primeira vez em abril. A empresa aproveitou o Dia da Mentira para promover o assunto de forma engraçadinha.

Divulgação

Niantic (Pokemon Go)

Os mais novos não devem saber, mas antes do game "Pokemon Go" e do anime, o sucesso de Pokémon na verdade começou em games mais antigos, como os do Game Boy e NES, nos anos 80. A Niantic, fabricante do "Pokemon Go", anunciou então um "imersivo" visual 8 bits para os bichos.

"Experimente o 'Pokémon Go' como nunca antes com gráficos de 8 bits inovadores! Registrando aproximadamente o dobro da definição de 4K, os quadrados grossos de cada pixel fornecem detalhes realistas e uma definição inacreditável", diz a nota.

Lexus

A montadora de carros de luxo japonesa está com um novo serviço personalizado: "apresentamos o Genetic Select da Lexus em parceria com a 23andMe. O primeiro serviço do mundo que usa genética humana para combinar com o carro de seus genes".

A ideia incrível, porém mentirosa, funciona assim: com uma pequena amostra de saliva, o algoritmo de emparelhamento do Genetic Select será usado para combinar o DNA com os recursos corretos do automóvel. 

Todas as partes dele serão personalizadas: modelo, cor, recursos de acabamento e desempenho. "Dentro de 48 horas, o seu Lexus artesanal será entregue na sua garagem", "prometem" eles. 

Divulgação

Lego

Ainda em invenções incríveis demais para ser verdade, a Lego vem com esse aspirador que é o sonho de toda mãe: ele separa as peças por cor e formato, além de separá-lo da poeira. 

Google

A empresa não ficou apenas no Wally e no detector de piadas ruins. Outros Googles pelo mundo vieram com maluquices: no Japão, a lorota foi um teclado físico em que você pode deslizar o dedo pelas teclas para gerar ideogramas (os caracteres japoneses).

Em Israel, "fizeram" o Google Cloud Hummus, uma API que combina seu paladar com a criação de pratos perfeitos. E na Austrália, para combinar com o sotaque local, vão refazer a marca para "Googz".

Britbox

Esta empresa especializada em softwares de vídeo sob demanda "criou" o Interp-Brit, que pretende trocar do diálogo britânico para o dos EUA com o toque de um botão. "Cada show foi reexpressado para o nosso público americano. Descubra um mundo incrível de TV que você nunca entendeu... até agora".

Roku

A empresa dedicada a criar aparelhos de streaming para TV trouxe estas meias incríveis com as quais controlam a navegação entre menus por gestos. Bem que poderia ser verdade para aquelas maratonas de séries no inverno.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos