Após acidente fatal, ações da Tesla abrem semana em queda

Rodrigo Trindade

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução/Twitter

As ações da Tesla estão em queda após uma semana de notícias ruins para a empresa de Elon Musk. Os papéis dela abriram a segunda-feira (2) em retração de cerca de 7%, levando o valor de mercado da companhia a US$ 42 bilhões.

A movimentação do mercado ocorre depois de três incidentes negativos para a imagem da Tesla, que nas últimas semanas anunciou um recall de 123 mil unidades do Model S, teve um acidente fatal envolvendo um de seus carros (em piloto automático) e ainda viu um analista de mercado afirmar que a empresa não dará conta de produzir semanalmente o número de unidades do carro Model 3 esperado por investidores.

A desvalorização das ações levou a Tesla ao seu menor valor de mercado em 52 semanas e permitiu que a Ford a ultrapassasse. A tradicional empresa de carros atingiu valor de US$ 43,5 bilhões, mais de US$ 1 bilhão a mais do que a companhia de Musk.

O empresário, por sua vez, se mostrou desconectado com a sequência negativa de acontecimentos da última semana. No domingo, 1º de abril, Musk utilizou o Twitter para publicar, de brincadeira, que a Tesla havia falido.

Além de escrever, o empresário publicou uma foto dele próprio apoiado em um dos carros da companhia, o que causou controvérsia e resultou em críticas, afinal um dos veículos da Tesla resultou na morte de um motorista poucos dias antes da piada.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos