Startup abre reservas para 1º hotel espacial de luxo, prometido para 2022

Do UOL, em São Paulo

  • Divulgação

A startup Orion Span anunciou um plano ousado na última semana: lançar uma estação espacial comercial, a Aurora Station, que será o primeiro hotel de luxo no espaço, com espaço para quatro hóspedes e dois funcionários. A ideia da empresa é tornar o projeto em realidade em 2022, porém isso está longe de ser certo.

LEIA TAMBÉM

Os pacotes de viagem teriam duração de 12 dias e incluiu tudo: viagem, treinamento antes do voo e o transporte até o hotel-estação espacial. O preço prometido? US$ 9,5 milhões (R$ 32 milhões). No entanto, o executivo-chefe Frank Bunger não deu clareza ao explicar todo o processo, inclusive o de viagem até a estação.

"Isso será através de parcerias com a SpaceX, Blue Origin ou alguma agência espacial", afirmou Bunger, cuja empresa não tem uma fábrica capaz de produzir a estação planejada. "Teremos isso nos próximos seis a nove meses", explicou.

A Orion Span tem atualmente seis empregados, alguns com carreira relacionada a voos espaciais. O chefe, no entanto, tem um retrospecto em tecnologia da informação, administração e engenharia.

Embora a estação esteja longe de sair do papel, interessados já podem reservar um lugar no hotel espacial. O preço é de US$ 80 mil (R$ 269 mil), completamente reembolsáveis.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos