Facebook diz que não fez suficiente para evitar uso indevido de dados

Reuters

  • Stephen Lam/Reuters

O executivo-chefe do Facebook, Mark Zuckerberg, disse ao Congresso dos Estados Unidos em um depoimento escrito, divulgado nesta segunda-feira (9), que a rede social não fez o suficiente para evitar o mau uso de suas ferramentas e se desculpou.

"Está claro agora que não fizemos o suficiente para impedir que essas ferramentas sejam usadas para causar danos", disse ele em um depoimento escrito divulgado pelo Comitê de Energia e Comércio da Câmara dos EUA.

"Não tivemos uma visão ampla da nossa responsabilidade, e isso foi um grande erro", acrescentou. "Foi um erro meu, e eu sinto muito. Eu comecei o Facebook, eu o administro e sou responsável pelo que acontece aqui."

Ele também disse que os principais investimentos do Facebook em segurança "impactarão significativamente nossa lucratividade daqui para frente". Zuckerberg está se reunindo com parlamentares dos Estados Unidos na segunda-feira, antes dos depoimentos de dois dias no Congresso, que começam na terça-feira.

As ações do Facebook subiam 2 por cento às 13h15 (horário de Brasília).

(Por David Shepardson e Dustin Volz)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos