Teclado do seu computador pode ter 400 vezes mais bactérias do que privada

Do UOL, em São Paulo

  • false

    Teclados podem ser muito, mas muito, nojentos

    Teclados podem ser muito, mas muito, nojentos

Se você tem nojinho de privada e toma todo o cuidado na hora de fazer suas necessidades, é bom repensar um instrumento que você talvez use todos os dias: teclados de computadores. Estudos apontam que esses objetos podem ter 400 vezes mais bactérias do que um vaso sanitário.

Pois é, não são apenas os celulares que dão mais nojo do que banheiro. De acordo com um estudo da Universidade de Arizona, nos Estados Unidos, teclados têm em média 400 vezes mais bactéria do que um vaso sanitário normal. A pesquisa colheu amostras de escritórios nos Estados Unidos e também notou que mesas de mulheres abrigavam mais bactérias do que de homens,

Veja também: 

As informações estão em uma análise feita pelo norte-americano National Center for Health Research (Centro Nacional de Pesquisas de Saúde). O instituto levantou em um texto se havia mais bactéria em teclados de computadores do que em vasos sanitários.

Outra pesquisa citada na análise foi feita pela australiana Swinburne University of Technology. Ao estudar a quantidade e tipos de bactéria em teclados pessoais e divididos na universidade, pesquisadores identificaram que os compartilhados tendem a ter mais bactérias do que os usados por apenas uma pessoa.

Já um estudo do Chicago's Northwestern Memorial Hospital apontou que dois tipos de bactérias mortais resistentes a remédios podiam sobreviver até 24 horas em um teclado.

Há perigo?

Segundo a análise do centro, a maioria das bactérias encontrada por pesquisadores tende a viver nas pessoas, principalmente em nossa pele, boca e nariz. Então, segundo os estudos apontam, é provável que a maioria dessas bactérias vá parar nos teclados pelas nossas próprias mãos.

Muitas dessas bactérias provavelmente não vão te fazer mal a não ser que sua imunidade esteja baixa por causa de outras doenças. Contudo, infecções podem rolar se você tiver um corte nos dedos, por exemplo.

Se você dividir um computador com outra pessoa, é bom ter mais cuidado ainda. Caso ela esteja com uma gripe, é possível que você acabe pegando a doença também ao compartilhar o mesmo teclado.

Ficou com nojo? Então vai lavar essa mão sempre que usar um teclado e aproveita pra dar uma boa desinfetada nessas teclas.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos