Você é o produto no Facebook? A rede social respondeu e tentou disfarçar

Do UOL, em São Paulo

  • iStock/Getty

    Facebook gera dinheiro com dados de usuários

    Facebook gera dinheiro com dados de usuários

O Facebook tem estado sob grande escrutínio público no último mês, desde que foi descoberto que a consultoria Cambridge Analytica roubou dados de 88 milhões de usuários para enviar propaganda política altamente personalizada na eleição de Donald Trump. E uma coisa ficou na cabeça de muitos usuários: nós somos o produto na rede social?

De fato, por um lado somos – o Facebook não é de graça e é pago com os seus dados, que transformam o site em um cardápio perfeito para anunciantes. Mas, nesta segunda, a plataforma de Mark Zuckerberg tentou se justificar e apaziguar os medos de quem sabe que está dando muito dinheiro ao site.

Veja também: 

Em um post no blog da companhia com perguntas e respostas, a rede social foi direta e colocou a seguinte questão: "Se eu não estou pagando pelo Facebook, eu sou o produto?". A questão até faz menção aos muitos comentários recentes de usuários que dizem que "se você está em um serviço e não está pagando por ele, então você é o produto".

Esta foi a resposta dada pela rede social;

"Não. Nosso produto é a mídia social – a habilidade em conectar pessoas que importam para você, onde quer que elas estejam no mundo. É o mesmo com um buscador gratuito, um site ou um jornal. O produto principal é ler as notícias ou encontrar informação – e os anúncios existem para financiar essa experiência".

A explicação não caiu muito bem pra todo mundo. Principalmente porque o Facebook se comparou a uma empresa de mídia, quando nos últimos tempos tem tentado se dissociar disso – inclusive Mark Zuckerberg reiterou que a empresa era uma companhia tecnológica, não de mídia, por várias vezes no Congresso norte-americano quando perguntado.

É claro que o Facebook pode ser visto pelos dois espectros: de um lado, uma companhia que usa seus dados como um produto oferecido para anunciantes e assim ganhar bilhões. Por outro, um local em que as pessoas se conectam com amigos e familiares, além de consumirem informação – o que faria dela uma empresa de mídia. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos