UOL Testa: Celulares

Aparelho melhora sinal 4G e é fácil de configurar; veja o teste

Bruna Souza Cruz

Do UOL, em São Paulo

  • Getty Images/iStockphoto

Nós sabemos que é bem complicado usar a internet 4G em alguns locais. Uma das explicações para essa dificuldade é a falta de cobertura e de antenas --a tecnologia é relativamente nova e não chegou a várias regiões brasileiras, além de a distribuição de antenas não ser uniforme.

Neste cenário, algumas empresas acabaram encontrando uma boa oportunidade de negócio e desenvolveram aparelhos que conseguem ampliar o sinal de conexão 4G. Mas será que eles realmente funcionam?

VEJA TAMBÉM

Pedimos ajuda para o professor de engenharia da computação João Carlos Lopes Fernandes, do Instituto Mauá de Tecnologia, e ele testou uma das antenas comercializada pela empresa Elsys, que promete ampliar o sinal 4G a uma taxa de download (velocidade com que se recebe dados) de até 50 Mbps.

Com isso, você conseguiria assistir a vídeos da Netflix com resolução Ultra HD (ela exige no mínimo 25 Mbps para funcionar sem travamentos). É bom saber também que a taxa média de uma conexão banda larga é de 25 Mbps, segundo o professor.

Para usar equipamentos assim, basta ter um chip de internet de qualquer operadora e um plano de dados compatível com o seu uso. Eles custam na faixa de R$ 560.

No caso do aparelho testado, o dispositivo identifica o tipo de conexão (4G e ainda o 3G e o 2G) automaticamente. Logo, o usuário não precisa configurar nada.

O aparelho funciona bem e é uma solução interessante para locais que não possuem sinal de internet. Você só precisa de um bom pacote de dados e colocar o dispositivo em uma boa localização

João Carlos Lopes Fernandes

Se você ficar em dúvida sobre qual operadora funciona melhor na sua região, o equipamento faz uma varredura e te informa sobre o melhor sinal encontrado no local. Mas, para isso, é preciso que o aparelho esteja sem nenhum chip instalado.

Reprodução
O esquipamento pode ser instalado em qualquer ambiente

Como foram os testes

O professor testou o aparelho por uma semana e instalou o dispositivo em diferentes lugares. Ele também usou computadores e celulares para ver como ampliador de sinal se saía em locais fechados (dentro de prédios e salas), ao ar livre e em áreas de sombra (locais com barreiras físicas, como paredes, que impedem ou reduzem o sinal de conexão). Um roteador wi-fi foi usado para distribuir o sinal da internet.

"Nas áreas de sombra, a internet ficou um pouco mais lenta, como já era previsto. Mas, de modo geral, o aparelho funcionou muito bem e cumpre o que promete", avaliou.

Uma das vantagens do aparelho, para o professor, é que ele é bem simples de instalar e possui um material de apoio fácil de entender. "Ele permite que até mesmo usuário sem muita experiência realize as configurações", afirmou.

O sistema do equipamento te dá informações como status da conexão, nível e qualidade de sinal e tecnologia (4G, 3G ou 2G) detectada.

Outra vantagem observada pelo especialista é que ele oferece a opção de o usuário cadastrar uma senha de acesso, o que torna o equipamento da Elsys mais seguro contra tentativas de invasão do sistema.

"A recepção de sinal é muito boa. Ele não travou nenhuma vez, pegou o sinal e distribuiu para mais de um computador e funcionou bem no celular", acrescentou. "No final, achamos que o aparelho tinha travado, mas na verdade os créditos tinham acabado. Por isso é importante ter um bom pacote de internet", brincou.

Se você tem dúvidas sobre o sinal na sua região, a Anatel pode te ajudar. Acesse o site da agência ou baixar o aplicativo, pesquise o nome da sua cidade e encontre seu bairro no mapa com as informações.

Por que você vai querer muito usar o 5G

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos