Por que Elon Musk está em uma treta com um unicórnio soltando pum?

Márcio Padrão

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução/Twitter

    Tuíte de Elon Musk de 2017 com foto de caneca ilustrada por unicórnio flatulando

    Tuíte de Elon Musk de 2017 com foto de caneca ilustrada por unicórnio flatulando

Quem acompanha o noticiário de tecnologia sabe que Elon Musk é um cara de perfil mais descontraído que a média dos executivos do ramo. Mas a notícia da vez é estranha até mesmo para os padrões de Musk.

O dono da montadora Tesla e da empresa de foguetes Space X está sendo acusado de usar uma imagem mal desenhada de um unicórnio flatulando sem autorização ou compensação do suposto criador, um artista de Colorado (EUA) chamado Tom Edwards.

VEJA TAMBÉM:

Em fevereiro de 2017, Musk tuitou a imagem original, estampada em uma caneca de Edwards. Na caneca, havia a frase "Carros elétricos são bons para o ambiente porque eletricidade vem da mágica" e o unicórnio soltando um pum em um tipo de funil, sugerindo que a energia para os carros viriam dessa "fonte".

"Arco-íris, unicórnios e carros elétricos", disse Musk no seu tuíte. Edwards se sentiu honrado com a "ajudinha" e passou a receber mais encomendas dessa caneca. Até que a "homenagem" do executivo foi além.

Apenas um mês depois, Musk tuitou uma réplica muito parecida com a ilustração de Edwards para demonstrar o recurso de "bloco de desenho" que vem instalado no software de navegação dos carros da Tesla.

Com uma caneta stylus, similar à S Pen dos celulares Galaxy Note e do Apple Pencil da Apple, agora é possível criar desenhos digitais no painel do Tesla. No ano seguinte, a imagem da réplica do unicórnio foi incluída na íntegra do software da Tesla.

A filha de Edwards, Lisa Prank, criticou o empresário no Twitter. "Ei, o namorado de Grimes copiou a arte do meu pai! Isto é uma história verídica! O que você tem a dizer para si mesmo, Elon Musk?

Ele respondeu a ela na rede social dizendo: "Acho que Nik [Jovanovic, usuário do Twitter] fez uma ilustração com o bloco de rascunhos do Tesla similar à caneca que postei. Foi escolhido aleatoriamente pela equipe como uma piada como um exemplo do recurso. Podemos mudar para outra coisa se seu pai quiser".

As críticas de Prank continuaram e aparentemente Musk recebeu um comunicado dos advogados de Edwards.

"Não acha que artistas merecem ser pagos pelo seu trabalho? Talvez você devesse responder à carta que seu advogado o enviou". Musk se defendeu dizendo que a Tesla não teve nenhum ganho financeiro com o desenho e que Edwards deveria estar feliz porque a história "aumentou suas vendas de canecas".

Na semana passada, Musk tuitou a um jornalista dizendo: "Eu me ofereci para pagar o cara que já o fez duas vezes por algo que eu nem quero". Em resposta a outro tuíte, disse: "Eu definitivamente me preocupo com artistas sendo recompensados. Seria injusto não fazê-lo."

O caso é que se você tentar ver esses tuítes de Musk sobre o assunto, não vai conseguir mais, pois eles foram todos deletados. Além disso, a filha de Edwards foi bloqueada por ele no Twitter.

Edwards disse ao "The Guardian" que ele queria uma solução positiva para a celeuma. "Eu realmente gostaria de ficar do lado de Elon Musk", disse ele. "Ele é realmente muito interessante. Mas ele não está acima da lei de direitos autorais." Aguardemos os próximos capítulos desta saga flatulante.

Hyperloop: veja como será o transporte em cápsulas de alta velocidade

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos