Cade aprova, e Tim e Oi vão dividir rede 4G

Lorenna Rodrigues

Estadão Conteúdo (Brasília)

  • Getty Images/iStockphoto

    Empresas vão compartilhar tecnologia de um modo que privilegia usuários

    Empresas vão compartilhar tecnologia de um modo que privilegia usuários

O Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) aprovou nesta quarta-feira (7) um acordo de compartilhamento de redes entre as empresas de telefonia celular Tim e Oi, celebrado no início do ano. O contrato prevê que uma empresa poderá utilizar as redes de 4G e outras estruturas da concorrente para oferecer serviços a seus clientes.

O negócio já havia sido analisado pela Superintendência Geral do Cade, que havia decidido pelo não conhecimento da operação, ou seja, que não era necessário que ela passasse pelo Cade.

VEJA TAMBÉM

O tribunal do conselho, no entanto, teve entendimento contrário e decidiu chamar a operação e analisar o acordo.

Na decisão desta quarta, os conselheiros aprovaram entendimento do relator João Paulo de Resende de que contratos de compartilhamento de ativos entre concorrentes devem obrigatoriamente ser notificados ao Cade, o que valerá para futuros negócios.

"Temos evidências empíricas, fornecidas pela Anatel, apontando que desde que o compartilhamento começou a ser implementado, o custo do minuto de tráfego para o cliente de ambas as empresas tem diminuído", declarou Resende.

Getty Images

#DicasDeTec: quer aprender mais truques para tirar o melhor proveito do seu celular?

Confira nossa página

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos