Samsung

Finalmente! Samsung mostra o aguardado celular dobrável pela primeira vez

Gabriel Francisco Ribeiro

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução

    Smartphone dobrável da Samsung se abre e revela telona na parte de dentro

    Smartphone dobrável da Samsung se abre e revela telona na parte de dentro

Após quatro anos de desenvolvimento, a Samsung finalmente deu provas concretas do seu smartphone com tela dobrável. O celular, que promete ser a próxima tecnologia revolucionária do setor, apareceu no palco durante a conferência da empresa para desenvolvedores nesta quarta-feira (7) em San Francisco (Estados Unidos).

Mas calma. O novo aparelho, que é esperado desde 2015, ainda não foi lançado oficialmente pela empresa -- isso deve ocorrer no primeiro semestre do ano que vem. O que foi mostrado foi um teaser e mais detalhes de como funciona, com uma mensagem: chega em breve. E sim, o dispositivo foi oficialmente mostrado no palco pela primeira vez - existiam dúvidas se isso de fato ocorreria.

Veja também:

O celular tem uma tela normal na frente, mas pode ser aberto pela lateral do dispositivo, revelando uma tela do tamanho de um tablet. 

Quando ele está aberto, você tem o espaço de dois displays. Quando está fechado, você tem um celular normal 

Justin Denison, vice-presidente sênior de marketing de produto da Samsung

Quando aberta, a tela conta com 7,3 polegadas. Segundo a empresa, o sistema terá vários recursos de multitarefa - será possível usar três aplicativos simultâneos em tela grande. A empresa ainda vai disponibilizar aos desenvolvedores uma nova APK para que testem seus aplicativos nessa tela. 

No palco, a Samsung ainda deu detalhes para desenvolvedores de como fez o celular dobrável - entre eles, estão novas tecnologias por trás do display e dos componentes, que tiveram que se adequar ao revolucionário aparelho. O protótipo tem bastante borda em cima e embaixo, se diferenciando dos últimos modelos com tela infinita.

Stephem Lam/Reuters
Smartphone com tela dobrável deverá ser lançado oficialmente no ano que vem

A empresa diz que o celular pode ser dobrado centenas de milhares de vezes sem que estrague. Um desafio citado pela Samsung foi deixar o aparelho mais fino, já que são inúmeras telas dentro do display. De longe, o smartrphone dobrável parece, logicamente, bem mais grosso do que os modelos atuais. 

No evento, a Samsung resgatou um pouco de suas inovações em telas de celulares, começando pela qualidade Amoled para deixar cores mais vívidas e reais no smartphone. As telas grandes também foram consequência do interesse dos usuários, relembrando a ideia da marca ao lançar o Galaxy Note em 2011.

Reprodução
Smartphone dobrável da Samsung tem tela gigante quando aberto

Posteriormente a empresa colocou uma tela curva nas laterais e diminuiu as bordas com a tela infinita. Agora, chegou a vez das telas dobráveis.

Aparelho é a grande aposta da Samsung

O smartphone dobrável é a grande aposta da Samsung para o mercado de celulares, já que a companhia enfrenta uma concorrência cada vez mais dura das empresas chinesas. Fabricantes como a Huawei e a Xiaomi têm encostado em vendas de smartphones, muito por oferecei dispositivos com um custo mais em conta.

Nos últimos tempos, o aparelho dobrável tem sido citado pelos principais executivos da Samsung. No início de outubro, o chefe de dispositivos móveis da empresa, DJ Koh, afirmou que o produto seria um tablet que cabe no bolso dos usuários.

Divulgação/Samsung

Já no fim do último mês, em resposta a pergunta feita pelo UOL Tecnologia, o chefe de pesquisa e desenvolvimento da área de visual mobile da Samsung, Harksang Kim, apontou que o inovador dispositivo estaria nos últimos estágios de desenvolvimento e que a intenção é oferecer ao usuário algo diferente de um tablet.

Mais recentemente, a página da Samsung Mobile no Facebook teve a foto de perfil alterada para o logo da marca dobrado ? dando indícios, claro, de que o celular dobrável está muito perto de virar realidade.

Outras empresas também disputam para lançar um smartphone com tela dobrável. Há boatos de que Huawei e LG estão fazendo os seus aparelhos do tipo. Na semana passada, a empresa Royole se tornou a primeira do mundo a lançar comercialmente um celular com tela dobrável, ainda que ele aparente ser rudimentar. 

Android para celular dobrável

Para acompanhar os celulares dobráveis, o Google criou uma adaptação de seu sistema operacional. A novidade foi anunciada nesta quarta-feira (7) mais cedo, durante um evento da empresa para desenvolvedores focados em sua plataforma.

"O Android terá duas variantes. A de duas telas e a de uma tela. Quando você dobra, parece um telefone, então cabe no seu bolso ou bolsa", afirmou Dave Burke, vice-presidente de engenharia do Google.

Ele explora a nova tecnologia de telas flexíveis, em que as telas podem literalmente se curvar e dobrar

Para o Android rodar em celulares que se dobram sem parecer algo improvisado, o Google criou um recurso chamado de "continuidade de tela". É ele que fará o conteúdo mostrado no display ser ampliado ou reduzido, conforme o aparelho é dobrado ou desdobrado, sem que haja interrupções. O exemplo dado por Burke é o de vídeos.

"Você pode começar um vídeo em uma tela desdobrada. Quando você abrir a tela, o app vai transferir o conteúdo para a tela grande sem perder um bit", contou.

*Colaborou Helton Simões Gomes

Getty Images/iStockphoto

Chega de confusão: entenda de uma vez os nomes e as linhas dos celulares

Confira

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos