Samsung

Intermediário turbinado! Mexemos no celular com quatro câmeras da Samsung

Gabriel Francisco Ribeiro*

Do UOL, em Seul (Coreia do Sul)

Lançado recentemente no exterior, o Galaxy A9 é o primeiro celular do mundo com quatro câmeras traseiras. O aparelho intermediário ainda não está disponível no Brasil, mas o UOL Tecnologia teve a oportunidade de ver ele de pertinho na sede da Samsung, em Seul.

A primeira impressão que fica do celular é de que ele tem tudo para cair nas graças do usuário brasileiro. Isso, claro, por causa das quatro câmeras traseiras dele, cada uma com um propósito. O aparelho encabeça uma promessa recente da Samsung de colocar novas tecnologias em aparelhos intermediários, antes de seguir para os tops - um movimento para tentar conter o crescimento das chinesas.

Veja também:

Fora do Brasil, o smartphone surgiu com um preço menor do que os tops de linha S9 e Note 9, na faixa de US$ 700 (R$ 2.622 na conversão direta, sem impostos), então é provável que o valor inferior aos tops seja seguido no Brasil.

As câmeras contam com tudo o que queremos de um celular. Elas têm modos diferentes e voltados ao desfoque do fundo, zoom e ainda uma grande angular. Ou seja, boas para todos os gostos.

Se você quer tirar boas fotos, lentes são essenciais. Algumas coisas o software não consegue fazer e por isso é importante quatro câmeras

Sang Il Park, designer de produto por trás do A9

No rápido teste feito com o aparelho, deu para notar uma troca de lentes com um pouco de atraso, mas nada que atrapalhe a usabilidade do smartphone. É possível trocar as câmeras com um toque no pequeno ícone na tela do celular (confira no vídeo acima). As câmeras também parecem responder bem às suas funções únicas.

Gabriel Francisco Ribeiro/UOL
Novo Galaxy A9 da Samsung na cor "azul limonada"

Eu particularmente gostei da grande angular, já que ela abre mais a área captada pela câmera e é perfeita para fotos de paisagens. Essa opção, também vista no LG G6 e G7 e em alguns modelos da Asus, somada ao modo retrato em lentes separadas, é um grande diferencial para o A9.

A câmera de selfie não impressiona tanto quanto a câmera traseira, mas conta com uma boa variação de modos já presente em outros aparelhos da Samsung, como a selfie panorama

Não foi possível testar efetivamente a qualidade das fotos registradas pelas câmeras em diferentes ambientes --isso deve ficar para o review do produto, depois do lançamento do celular.

Design agrada

O design do novo aparelho da Samsung também chama a atenção. São três cores diferentes: o black caviar (preto caviar), bubblegum pink (rosa bola de chiclete) e blue lemonade (azul limonada).

O mais diferente, de longe, é o azul limonada, que tem um tom de azul em degradê no aparelho semelhante ao que já foi visto em dispositivos chineses. Essa cor, para mim, é a mais bonita dos novos modelos do Galaxy A9.

Gabriel Francisco Ribeiro/UOL
Parte frontal do novo Galaxy A9, da Samsung

"O Galaxy A9 é o primeiro celular do mundo com 4 câmeras, mas não queremos colocar tanta ênfase nas câmeras por si só. Tentamos minimizar a câmera, proporcionar um toque natural no design e maximizar a estética do vidro e metal. O que fizemos também é colocar um gradiente na traseira para refletir a luz", explica o designer do aparelho.

A versão preta segue o tom sóbrio de outros celulares por aí nessa cor, enquanto o modelo rosa também promete fazer sucesso e é realçado por um tom vibrante.

O Galaxy A9 tem um corpo mesclado entre metal e vidro, o que dá um pouco de elegância ao aparelho. Mas um problema foi notado logo ao segurar o celular pela primeira vez: as marcas de gordura do dedo ficam bem expostas na traseira, o que prejudica muito a estética propagandeada pela marca. 

Gabriel Francisco Ribeiro/UOL
Galaxy A9 na cor "bubblegum pink" ("rosa chiclete")

O smartphone ainda tem um corpo bem grande, que torna difícil usar com uma mão. O leitor de digitais na traseira, por exemplo, fica muito para cima e é difícil de alcançar.

Um recurso dos tops de linha, contudo, não está no A9. Ele não tem a "tela infinita" em sua plenitude, contando com mais bordas em cima, embaixo e dos lados. 

Quando chega ao Brasil?

A Samsung afirma que o Galaxy A9 (em nova versão, lembrando que já tivemos outro aparelho da marca com esse nome) não tem data ainda para ser lançado no Brasil. É provável que isso ocorra entre o fim deste ano e o início do próximo. 

*O repórter viajou a convite da Samsung

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos