Google pagou à Apple US$1 bi em 2014 para manter barra de pesquisa no iPhone, diz Bloomberg

  • Paul Sakuma/AP

    Funcionário do Google anda de bicicleta na sede da empresa em Mountain View, na Califórnia (Estados Unidos)

    Funcionário do Google anda de bicicleta na sede da empresa em Mountain View, na Califórnia (Estados Unidos)

O Google pagou à Apple US$ 1 bilhão de dólares para manter sua barra de pesquisa no iPhone, informou a Bloomberg, citando uma transcrição de processos judiciais relacionados a ações da pela Oracle contra a gigante de buscas online.

O Google, unidade da Alphabet, dá à Apple uma porcentagem da receita que gera através do iPhone, mas detalhes do acordo nunca foram divulgados.

A Bloomberg, citando uma transcrição anterior ao julgamento do processo Oracle-Google na semana passada, noticiou na quinta-feira que uma testemunha do Google havia revelado que a parcela de receita foi de 34 por cento em algum momento.

No entanto, não ficou claro se a porcentagem representou a quantia mantida pelo Google ou paga à Apple, disse a reportagem. A transcrição judicial usada como fonte para a reportagem da Bloomberg não está mais disponível na internet.

No processo, a Oracle acusa o Google de usar seu software Java sem pagar por ele para desenvolver o Android.

Um advogado da Oracle disse a um tribunal que o Android havia gerado receitas de cerca de 31 bilhões de dólares e lucro de 22 bilhões de dólares desde seu lançamento. Google e Apple não responderam a pedidos de comentários nesta sexta-feira.

(Por Lehar Maan)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos