Anatel adia por 60 dias análise de mudanças na telefonia fixa

Cesar Raizer

Em Brasília

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) adiou por 60 dias análise de processos que tratam da revisão dos contratos de concessão da telefonia fixa para o período de 2016 a 2020, após pedido de vistas pelo conselheiro, Otavio Luiz Rodrigues Junior.

Na última reunião do Conselho Diretor, o conselheiro Rodrigo Zerbone havia apresentado uma proposta para mudança no regime de concessões do setor no país com a criação de um novo serviço convergente, buscando a revisão do plano geral de metas para a universalização da telefonia fixa.

O conselheiro Otavio Rodrigues já havia pedido vistas dos autos para estudar melhor o tema. Quando houver decisão, a Anatel encaminhará ao Ministério das Comunicações a proposta.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos