Samsung cria divisão global para melhorar qualidade de produtos

SEUL (Reuters) - A gigante sul-coreana de tecnologia Samsung Electronics criou uma divisão global voltada para melhorar a qualidade de seus produtos, em um esforço para se recuperar do escândalo envolvendo o smartphone Galaxy Note 7.

Kim Jong-ho, presidente da subsidiária Samsung Heavy Industries, será transferido para a Samsung Electronics para dirigir as operações de fiscalização de qualidade e processos de fabricação, de acordo com a empresa.

"O presidente Kim Jong-ho, um especialista na área de produção, vai liderar os esforços para melhorar a qualidade e fabricação de produtos em todos os negócios da Samsung Electronics", disse a empresa em comunicado.

É a mais recente decisão tomada pelo grupo sul-coreano para restaurar a confiança do consumidor, depois que a companhia foi forçada e suspender as vendas do Note 7 em outubro, depois que aparelhos pegaram fogo por causa de problemas na bateria.

O modelo Galaxy S8 deve ser lançado em abril e a Samsung está sob intensa pressão para garantir que o dispositivo seja seguro e opere eficientemente.

No quarto trimestre, a rival Apple ultrapassou a Samsung como a fabricante número um de smartphones, enquanto estima-se que o fracasso do Note 7 deve ter sido de cerca de 6,1 trilhões de wons (5,35 bilhões de dólares) no lucro operacional da empresa sul-coreana.

A Samsung já prometeu várias melhorias para garantir a segurança do produto, incluindo testes de bateria mais rigorosos e abrangentes que os inicialmente promovidos. Kim, que se reportará diretamente ao presidente da companhia, Kwon Oh-hyun, era executivo da área de dispositivos móveis na Samsung.

(Por Se Young Lee)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos