Toshiba oferece ações em divisão de chips como garantia para empréstimos, dizem fontes

Por Taro Fuse e Taiga Uranaka

TÓQUIO (Reuters) - A japonesa Toshiba ofereceu aos credores ações na sua unidade de chips de memória como colateral para garantir o refinanciamento de suas dívidas, disseram nesta quarta-feira pessoas com conhecimento assunto.

A proposta surge um dia após o conglomerado japonês não ter divulgado pela segunda vez o resultado auditado do terceiro trimestre, dizendo que "considera ativamente" vender uma fatia majoritária na unidade nuclear Westinghouse nos EUA.

Em reunião com credores nesta quarta-feira, a Toshiba ainda ofereceu apresentar como colateral participações em outros negócios do grupo, incluindo a Toshiba Tec, bem como propriedades imobiliárias, afirmaram as fontes, que pediram para não ser identificadas porque não estavam autorizadas a comentar.

Credores têm até 24 de março para responder à proposta.

Além disso, a empresa pediu a terceira extensão de um mês de renúncia do cumprimento de covenant em empréstimos sindicalizados, de acordo com as fontes.

Seus principais credores - Sumitomo Mitsui Banking Corp, Mizuho Bank e Sumitomo Mitsui Trust Bank - disseram dar à Toshiba total apoio, segundo as fontes.

Representantes dos bancos não estavam imediatamente disponíveis para comentar.

Algumas autoridades regionais de bancos presentes na reunião expressaram frustração, dizendo que o conglomerado japonês deveria vender as participações e pagar os credores em vez de as oferecer como colateral, disse uma das fontes.

Um porta-voz da Toshiba afirmou que a empresa considera várias opções para garantir financiamento, mas que não havia nada a ser anunciado neste momento.

(Reportagem adicional de Makiko Yamazaki, Yoshiyasu Shida, Ayai Tomisawa e Hideyuki Sano)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos