Vodafone e Idea firmam acordo de fusão de US$23 bi que criará maior operadora da Índia

Por Devidutta Tripathy e Sankalp Phartiyal

MUMBAI (Reuters) - A britânica Vodafone e Idea Cellular anunciaram nesta segunda-feira união de suas operações indianas, em um acordo de 23 bilhões de dólares que criará a maior empresa de telecomunicações da Índia.

O grupo resultante da fusão terá cerca de 400 milhões de clientes, superando a líder de mercado Bharti Airtel e respondendo por cerca de 40 por cento da receita do segundo maior mercado de telefonia móvel do mundo em termos de usuários, depois da China.

O acordo ressalta como a indústria de telefonia móvel da Índia está sendo transformada pelo lançamento no ano passado da tecnologia 4G pela Reliance Jio Infocomm.

Com um custo de mais de 20 bilhões de dólares, a Jio, construída pelo homem mais rico da Índia, Mukesh Ambani, ofereceu serviços gratuitos por meses. Isso forçou as três maiores operadoras da Índia - Bharti, Vodafone e Idea - a reduzir os preços e aceitar lucros mais baixos, desencadeando uma onda de consolidações no setor.

"Somos muito complementares", disse o presidente-executivo da Vodafone, Vittorio Colao, a jornalistas em Mumbai, após o acordo ter sido anunciado.

As duas empresas, que anunciaram em janeiro que estavam em negociações, terão que reduzir a atuação em algumas áreas para cumprir as regras do país. O acordo deve ser concluído em 2018.

(Reportagem adicional de Swati Bhat, em Mumbai, e Samantha Kareen, em Bangalore)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos