Apple avança em território de Facebook e Snap com aplicativo de vídeo

SAN FRANCISCO, Estados Unidos (Reuters) - Com o lançamento de um novo aplicativo de vídeo chamado Clips, a Apple aproximou-se um pouco mais do mundo de mensagens instantâneas, onde a base de usuários do iPhone pode ajudá-la a competir com Snapchat, da Snap, e o Messenger, do Facebook.

O Clips, que chegará à loja de aplicativos da Apple em abril, permite aos usuários fazer vídeos com legendas e títulos animados, com símbolos de emoji coloridos. O aplicativo também permite juntar vários clipes de vídeo e adicionar balões de conversa e filtros. As funções se assemelham muito às oferecidas pelo Snapchat.

O aplicativo da Apple permite que os usuários publiquem vídeos no Instagram, Facebook, YouTube, Vimeo e outros serviços. Mas se os usuários os publicarem no aplicativo de mensagens da Apple, a empresa recomendará com quem compartilhá-lo com base em quais amigos estão nos vídeos e em quem o usuário freqüentemente contata - recursos sociais que o Facebook tem.

O Facebook tem mais de 1 bilhão de usuários no Messenger, que foi separado do principal serviço do Facebook em 2014, e no WhatsApp, que comprou por 19 bilhões de dólares no mesmo ano.

As gigantes da Internet estão focando em mensagens porque é para onde os usuários estão indo, segundo a empresa de pesquisa de mercado Gartner. Entre 2015 e 2016, o percentual de usuários de smartphones nos EUA e no Reino Unido que usavam aplicativos de mídia social caiu de 85 para 83 por cento, enquanto os aplicativos de mensagens viram a fatia subir de 68 para 71 por cento. O Gartner espera que a tendência continue.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos