Hóspedes de Airbnb no Brasil mais que dobram para 1 milhão com Olimpíada de 2016

SÃO PAULO (Reuters) - O serviço online de hospedagem Airbnb registrou mais de 1 milhão de chegadas de hóspedes no Brasil em 2016, impulsionado pela demanda gerada pelos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro e por um crescente número de anfitriões que buscam renda extra em meio à recessão no país.

Leonardo Tristão, diretor geral do Airbnb no Brasil citou a marca em comunicado enviado à imprensa nesta segunda-feira, que marcou um salto ante as cerca de 421 mil chegadas em 2015 e aos cerca de 662 mil nos doze meses até junho.

O mercado brasileiro para o Airbnb disparou em agosto, quando mais de 85 mil hóspedes chegaram ao Rio de Janeiro durante os Jogos Olímpicos, cujos organizadores designaram o serviço norte-americano como parceiro oficial de acomodação. A recessão no país também tem feito mais pessoas a buscarem renda ofertando imóveis no serviço.

Anteriormente, a Airbnb tinha divulgado registro de 80 milhões de hóspedes no mundo em 2016, ante 40 milhões em 2015.

Tristão também anunciou para junho a chegada do serviço de viagens "Trips" nas cidades do Rio de Janeiro e São Paulo, em um estratégia de diversificação de receitas para além da mera hospedagem.

Além de São Paulo e Rio de Janeiro, Cidade do México e Buenos Aires também estão na lista de destinos na América Latina que receberão o Trips, afirmou a empresa.

(Por Brad Haynes)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos