Nova empresa de fundador da Tesla poderá permitir transmissão de pensamentos, diz WSJ

(Reuters) - O fundador da montadora de carros elétricos Tesla, Elon Musk, lançou uma empresa chamada Neuralink por meio do qual computadores poderão se conectar a cérebros de seres humanos, publicou o Wall Street Journal, citando fontes.

A Neuralink está buscando o que Musk chama de tecnologia de "enlace neural", sobre implantação de microeletrodos no cérebro que poderão permitir que dados e pensamentos sejam transmitidos um dia, afirmou o jornal.

Musk não fez um anúncio formal, mas a Neuralink foi registrada na Califórnia como uma empresa de "pesquisa de medicina" em julho passado. O empresário pretende financiar a empresa com recursos próprios, disse uma fonte ao jornal.

Não ficou claro que tipo de produtos a Neuralink poderá desenvolver, mas pessoas que tiveram discussões com a companhia descreveram uma estratégia similar ao lançamento das empresas SpaceX, de lançamentos ao espaço, e Tesla.

Nas últimas semanas, a Neuralink também contratou acadêmicos de renome na área, publicou o jornal.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos