Console Switch deve dobrar lucro da Nintendo e encerrar queda de vendas de 8 anos

OSAKA, Japão (Reuters) - A Nintendo espera que o novo console de videogames Switch mais que dobre seu lucro operacional anual e encerre um declínio de vendas que já dura oito anos.

A companhia japonesa entrou no mercado de jogos para dispositivos móveis no ano passado, em um alívio para investidores incomodados com a queda nas vendas dos consoles da Nintendo. Agora, o sucesso inicial do Switch tem impulsionado expectativas sobre uma recuperação de resultados de longo prazo, o que tem feito a ação da Nintendo acumular alta de cerca de 20 por cento desde o lançamento do console em março.

"Esperamos mudar a maré de nossos negócios com o Switch", disse o presidente da Nintendo, Tatsumi Kimishima, a jornalistas nesta quinta-feira.

A Nintendo espera que o lucro cresça 2,2 vezes para 65 bilhões de ienes (584 milhões de dólares) no ano fiscal até março de 2018, com as vendas avançando 53,3 por cento. A previsão, porém, está abaixo da média de expectativas do mercado segundo pesquisa da Thomson Reuters I/B/E/S.

Questionado se a previsão era excessivamente cautelosa, Kimishima afirmou que a empresa está ampliando investimento em marketing para o Switch.

A Nintendo pretende vender 10 milhões de unidades do Switch neste ano fiscal, além dos 2,7 milhões de unidades vendidas no mês de lançamento.

"Se a meta de 10 milhões for atingida ... isso significa que o impulso das vendas será semelhante ao do Wii", o console mais bem sucedido da Nintendo, disse o presidente da companhia.

O Wii, lançado em 2006, vendeu cerca de 20 milhões de unidades no primeiro ano e superou as 100 milhões durante seu ciclo de existência. A última vez que as vendas da Nintendo cresceram foi no ano encerrado em março de 2009, quando a demanda pelo Wii levou a empresa a um lucro recorde de 555 bilhões de ienes.

Alguns analistas, porém, estão se mostrando céticos sobre a sustentabilidade das vendas do novo console.

O analista da CLSA Jay Defibaugh afirmou em relatório recente que, diferente do Wii, a popularidade inicial do Switch não está sendo guiada por jogos atrelados a uma característica fundamental como um joystick sensível a movimentos. Mas sim por jogos que podem aparecer nos consoles rivais PlayStation ou Xbox.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos