Órgão antitruste da UE decide até 9 de junho sobre oferta da Qualcomm pela NXP

BRUXELAS (Reuters) - O órgão antitruste da União Europeia (UE) decidirá até 9 de junho se aprova a oferta de 38 bilhões de dólares da Qualcomm pela NXP Semiconductors, o que a tornaria fornecedora líder no mercado de chips automotivos.

A Qualcomm, que fornece chips para smartphones Android e Apple, pediu autorização da UE para o acordo em 28 de abril, mostrou documento publicado no site da Comissão Europeia.

O órgão que supervisiona condições concorrenciais no bloco pode aprovar o negócio com ou sem concessões ou ainda abrir uma investigação de cinco meses, se julgar que há sérias preocupações com a operação.

A Qualcomm afirma que o acordo, o maior já feito no setor de semicondutores, é complementar. O órgão antitruste dos EUA liberou o acordo incondicionalmente no mês passado.

(Por Foo Yun Chee)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos