Tesla divulga antigo Model S enquanto clientes procuram o novo Model 3

SÃO FRANCISCO (Reuters) - A fabricante de carros elétricos Tesla informou que a receita do primeiro trimestre mais do que dobrou, e disse que o próximo Model 3 está programado para julho, mas minimizou o poder do veículo de vendas do Model S, seu carro mais caro.

A fabricante ressaltou o desafio adicional de manter elevada a demanda por seus modelos antigos. "Estamos vendo algum impacto nos pedidos pelo Model S devido à confusão das pessoas" de que o Model 3 é a atualização do Model S, disse o presidente-executivo Elon Musk em teleconferência.

Entregas recordes ajudaram a Tesla a alavancar sua receita para 2,7 bilhões de dólares no trimestre, mas o prejuízo líquido aumentou de 282,3 milhões para 330,3 milhões de dólares, atingido pela aquisição da SolarCity.

A Tesla está ansiosa para lançar o Model 3, que não será vendido em larga escala até 2018. A empresa precisa impulsionar o volume de clientes do Model 3 e disse que estaria adicionando 100 lojas de varejo e serviços no mundo todo, o que significa uma alta de 30 por cento.

A companhia reiterou sua previsão de entregar entre 47 mil e 50 mil unidades do Model S e do Model X na primeira metade de 2017, meta anunciada no início do ano.

(Por Alexandria Sage e Narottam Medhora)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos