AlphaGo, do Google, vence mestre do jogo chinês Go pela segunda vez

Por Cate Cadell

XANGAI (Reuters) - O programa de inteligência artificial do Google, AlphaGo, venceu o mestre chinês Ke Key pela segunda vez nesta quinta-feira, nas melhores três partidas, para testar os limites dos computadores no confronto com seres humanos em tarefas complexas.

O Go é um jogo de tabuleiro altamente complexo que remonta a milhares de anos que envolve dois concorrentes colocando pedras pretas e brancas num tabuleiro. É popular nos países asiáticos e a maioria dos jogadores mais destacados vem da China, Japão e Coreia do Sul.

Ke, o número 1 do mundo, estava visivelmente frustrado, puxando o cabelo e colocando a cabeça na mesa durante os últimos momentos da segunda partida contra o AlphaGo na quinta-feira.

"No ano passado, acho que o jeito que o AlphaGo jogou foi muito próximo dos seres humanos, mas hoje acho que ele joga como Deus do Go", disse Ke após o jogo. Após sua derrota na primeira partida da série na terça-feira, Ke disse que não competirá contra inteligência artificial novamente.

A vitória sobre o melhor jogador do mundo -o que muitos pensaram que levaria décadas para alcançar- vem após o programa da unidade DeepMind da Google superar um profissional sul-coreano em uma partida de exibição semelhante no ano passado.

Para o Google, o triunfo da AlphaGo na China oferece um impulso de marketing num país onde seus principais serviços foram bloqueados há muito tempo, e os rivais locais de seus sites de busca, e-mail e vídeos prosperaram, já que em grande parte abandonou a China em 2010.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos