Samsung monta fundo de US$445 mi para ajudar fornecedores

SEUL (Reuters) - A sul-coreana Samsung Electronics disse que montará um fundo de 500 bilhões de wons (445 milhões de dólares) para ajudar pequenos fornecedores, sendo a primeira empresa de grande porte da Coreia do Sul a divulgar planos semelhantes após o novo presidente do país, Moon Jae-in, defender pequenos negócios.

Moon assumiu a presidência neste mês com a promessa de controlar conglomerados familiares que dominam a quarta maior economia da Ásia. Ele também afirmou que quer desencorajar contratos de terceirização de empregos, elevar o salário mínimo e reduzir as horas trabalhadas.

Segundo a Samsung Electronics, o fundo permitirá que seus fornecedores emprestem dinheiro sem pagar taxas de juros por um ano. A iniciativa deve vigorar até maio de 2020.

A gigante de tecnologia decidiu estabelecer o fundo após reuniões com fornecedores no fim do ano passado, informou o grupo em comunicado.

(Por Joyce Lee)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos