Samsung vai duplicar capacidade em fábrica principal de celulares na Índia

MUMBAI (Reuters) - A Samsung planeja duplicar a capacidade de produção de celulares de sua principal fábrica na Índia, expandindo-se em um país onde a rival Apple começou a montar telefones.

A empresa sul-coreana disse nesta quarta-feira que vai investir 764 milhões de dólares em três anos para expandir a fábrica nos arredores de Nova Deli. Ela também produz televisores na fábrica.

A Índia é o segundo maior mercado de smartphones do mundo e está virando um campo de batalha para os fabricantes de aparelhos que competem por uma maior participação de mercado, já que as vendas na China têm perdido força.

"A Samsung gostaria de reduzir sua dependência da fabricação no Vietnã e mudar mais operações para a Índia", disse Tarun Pathak, diretor associado da empresa de pesquisa de tecnologia Counterpoint.

A expansão da Samsung vem no momento em que o governo do primeiro-ministro indiano Narendra Modi está empenhado em aumentar a produção de tecnologia através do programa "Make in India" lançada em 2014.

A Apple começou a montar seu modelo de iPhone SE no mês passado no centro tecnológico indiano e um funcionário do governo disse que ela poderia aumentar a participação local da produção ao longo do tempo.

(Reportagem de Sankalp Phartiyal)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos