Kinnevik vende participação na empresa alemã de comércio eletrônico Rocket Internet

BERLIM/ESTOCOLMO (Reuters) - A companhia sueca de investimentos Kinnevik vendeu sua participação remanescente na empresa alemã de comércio eletrônico Rocket Internet por mais de 200 milhões de euros, aproveitando uma recente melhora nas ações estimulada por planos para listar duas de suas startups.

Fundada em 2007, a Rocket ajudou a criar um cenário tecnológico em Berlim, lançando dezenas de negócios desde comércio eletrônico de moda até entrega de alimentos.

Mas a empresa viu o valor de suas ações cair pela metade desde que abriu o capital em 2014, por conta de seus empreendimentos em start-ups deficitárias e os planos atrasados para abrir o capital dessas empresas.

A Kinnevik foi uma das primeiros investidoras da Rocket e, até a venda, era o maior acionista depois dos irmãos Samwer, que fundaram a empresa. Outros grandes acionistas são a United Internet e o investidor britânico Baillie Gifford.

As ações da Rocket subiram nas últimas semanas, ajudadas pela esperança de que as empresas de entrega de comida Delivery Hero e a de kits HelloFesh pudessem colocar suas ações no mercado em breve.

(Por Emma Thomasson e Olof Swahnberg)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos