Google concorda em pagar impostos futuros à Indonésia, diz ministro

JAKARTA (Reuters) - A sede do Google Ásia-Pacífico, da Alphabet, concordou em pagar impostos futuros ao governo indonésio, disse o ministro das comunicações do país nesta quarta-feira.

A ministra das Finanças, Sri Mulyani Indrawati, disse na terça-feira que a Indonésia havia chegado a um acordo fiscal com o Google para 2016, após uma disputa de um mês sobre as alegações de que a empresa não havia feito pagamentos anuais suficientes.

"Na solução para impostos futuros, eles (Google Ásia-Pacífico) concordaram com o governo", disse Rudiantara, ministro das comunicações e informação da Indonésia, que supervisiona as empresas de internet que operam no país.

Isso pode estar sujeito a mudanças na regulamentação da Indonésia para o negócio de publicidade, disse Rudiantara, que é conhecido por um nome.

A sede do Google Ásia-Pacífico está em Cingapura, enquanto a sua entidade indonésia, a PT Google Indonesia, foi incorporada em 2011.

O Google não respondeu imediatamente aos pedidos de comentários.

A Indonésia alegou anteriormente que o Google pagara apenas uma fração dos impostos devidos sobre a renda total e o valor agregado. A empresa disse que pagou todos os impostos aplicáveis.

(Reportagem de Cindy Silviana e redação de Jakarta; com reportagem adicional de Eveline Danubrata e Gayatri Suroyo)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos